Sean Price, rapper e integrante do Boot Camp Clik, morre aos 43 anos

Cantor também conhecido como Ruck morreu enquanto dormia, no apartamento dele no Brooklyn

Rolling Stone EUA Publicado em 08/08/2015, às 15h41 - Atualizado às 15h59

O rapper Sean Price
Reprodução/Facebook

Sean Price, rapper e integrante dos grupos de hip-hop Heltah Skeltah, Boot Camp Clik e Random Axe morreu na manhã deste sábado, 8, aos 43 anos de idade. A morte de Price foi noticiada pelo DJ Premier, que postou no Instagram “R.I.P. Ruck... amor e respeito à família do Duck Down!!!”. A esposa de Price depois confirmou a notícia no Facebook.

Galeria: as dez maiores brigas da história do rap.

“É com o coração apertado que a Duck Down Music infelizmente confirma que Sean Price morreu esta manhã no apartamento dele no Brooklyn, sábado, 8 de agosto de 2015”, disse um representante de Price em comunicado. “A causa da morte ainda é desconhecida, mas foi reportado que ele morreu enquanto dormia. Ele deixa a esposa e três filhos.”

O comunicado ainda avisa que “a família e os amigos de Sean estão pedindo tempo para lamentar e digerir a notícia”, e encerra dizendo: Mais detalhes serão divulgados quando mais informações estiverem disponíveis.”

Price ganhou destaque primeiramente sob o nome de Ruck, como membro do Heltah Skeltah ao lado do rapper Rock. A dupla foi integrante do coletivo de hip-hop conhecido como Boot Camp Clik, que ainda contava com Buckshot (Black Moon), Tek e Steele (Smif-N-Wessun) e o trio O.G.C.

Depois de aparecer pela primeira vez no disco Dah Shinin', lançado pelo Smif-N-Wessun em 1995, o Heltah Skeltah lançou o primeiro álbum de estreia, intitulado Nocturnal, um ano depois. No ano seguinte, o Boot Camp Clik lançou o disco For the People.

Ainda que tenha continuado a lançar músicas com tanto com o Heltah Skeltah quanto com o Boot Camp Clik, o rapper se lançou em carreira solo sob o nome de batismo. Como Sean Price, ele lançou três álbuns de estúdio, Monkey Barz (2005), Jesus Price Supastar (2007) e Mic Tyson (2012). Price ainda se juntou a Guilty Simpson e ao produtor Black Milk para o aclamado disco Random Axe, de 2011.

Sean Price estava trabalhando em uma nova mixtape, Songs in the Key of Price, prevista para 21 de agosto, quando morreu.