Pulse

Segunda edição da Rolling Stone Music & Run reúne 6 mil pessoas e celebra 30 anos da banda Blitz com show exclusivo

Atletas suaram a camisa neste sábado, 1°, em percursos de 5km e 10km, em São Paulo

Redação Publicado em 02/11/2014, às 02h59 - Atualizado em 08/12/2014, às 17h35

Warriors - Rolling Stone Music & Run

Ver Galeria
(39 imagens)

Este sábado, 1° de novembro, foi dia de curtir a segunda edição da corrida noturna mais rock and roll do Brasil, a Rolling Stone Music & Run, realizada pela Rolling Stone Brasil. O evento, que reuniu 6 mil pessoas na Barra Funda, em São Paulo, contou com shows exclusivos e contagiates das bandas Warriors e Blitz.

Saiba como foram os shows da Blitz e do Warriors.

Às 19h, os inscritos começaram a chegar na Arena Rolling Stone, situada na Praça da Sombra, Memorial da América Latina, com o figurino completo: camiseta branca do evento, número de inscrição no peito, tênis de corrida, e muita vontade de suar a camisa.

Veja dez dicas para correr a 2ª Rolling Stone Music & Run São Paulo.

Warriors, a primeira atração da noite, espantou a chuva e tratou de pré-aquecer todos os corredores com o melhor do classic rock. “A Hard Day's Night”, dos Beatles, deu início ao dinâmico repertório proposto pelo grupo. "Que País é Esse?", do Legião Urbana, "Polícia", dos Titãs e "Born To Be Wild", do Steppenwolf criaram uma atmosfera vibrante ideal para quem estava prestes a praticar uma atividade física.

Relembre como foi a primeira edição do Rolling Stone Music & Run.

Após tocar "Highway To Hell", do AC/DC, a banda Warriors cedeu o palco ao Professor Edu, responsável por comandar um aquecimento e alongamento coletivo, essencial para prevenir quaisquer lesões físicas. Ao som de animadas batidas eletrônicas, o público pulou, bateu palma e recriou movimentos alternados de perna e braço, logo antes de se posicionar na linha de largada para dar início à aguardada corrida.

Playlist para correr: Titi Müller.

Os inscritos podiam escolher entre dois percursos, de 5km e 10 km, pelo famoso Minhocão e pela Av. Pacaembu. Para quem não estivesse tão seguro de seu preparo físico, valia também dar uma pausa no ritmo da corrida e fazer alguns trechos caminhando. O importante era chegar ao final, ainda mais porque o show da Blitz presentearia os participantes, mais tarde, com alguns daqueles hits que fizeram parte da vida de todo mundo. Por volta das 22h, foi dada à largada ao som de “Enter Sandman”, de Metallica. Trinta e dois minutos após o início da competição, José Rodrigues dos Santos atravessou glorioso a linha de chegada com um sorriso estampado no rosto. “A prova foi sensacional”, disse ele ainda ofegante. “Qualquer corrida que tiver show de rock... pode contar comigo, porque é maravilhoso. Se tivesse mais duas, três destas eu iria. Estou considerando ir para Brasília só por causa do som!”

Playlist para correr: Tico Santa Cruz (Detonautas).

Apenas cinco segundos após a vitória de Rogrigues, Fernando Beserra da Silva completou o percurso, seguido por Leonardo Santana de Olinda, Edmilson de Cassio Horácio e Jonatas Roger Freitas. Maria Cristina Richter saiu vitoriosa entre as mulheres que participaram da corrida. “Foi um percurso muito gostoso, o clima esta muito favorável”, disse antes pouco antes da cerimônia de premiação, realizada em um pódio montado à beira do palco da Arena Rolling Stone. “A corrida foi bem tranquila. Eu sou movida a música, então foi muita adrenalina, ouvindo aquele sonzinho para garantir a energia. E o evento foi muito bem organizado, tinha bastante água, por exemplo. Agora vou curtir o show da Blitz! E Vou aproveitar cada pedacinho.” Além de Maria Cristina, que correu o percurso em 42 minutos, Liana Silva Tortato, Clausen Solins R. Lavos, Lidia Simões Ibanhez e Flavia Akemi Terada também subiram ao pódio.

Rolling Stone Brasil realiza a 2ª edição do MUSIC & RUN em São Paulo e a 1ª em Brasília.

E, quem diria, que após 5km e 10km percorridos, todos os presentes ainda teriam tanta energia para curtir os hits da eterna Blitz? A banda carioca, que celebra 30 anos de estrada, interpretou clássicos imprescindíveis dos anos 1980 – que até aqueles que nasceram nas décadas seguintes conhecem, como “Você Não Soube Me Amar”, “Mais Uma de Amor (Geme Geme)” e “A Dois Passos do Paraíso”. Em entrevista nos bastidores, antes de subir ao palco para encerrar o evento, Evandro Mesquita falou sobre a época de ouro da Blitz. “A gente abriu espaço mesmo para essa galera mais underground”, contou. “Foi um momento muito importante, mudou inclusive o panorama das rádios”. O vocalista não chegou a participar da corrida, mas garantiu que é necessário “malhar muito” para aguentar as intensas apresentações depois de tanto tempo em atividade.

No dia 15 de novembro, a capital federal recebe sua primeira edição da Rolling Stone Music & Run. Em Brasília, será a vez do Biquini Cavadão mostrarem seus grandes sucessos em companhia do Warriors, que novamente abrirá a noite de muito entretenimento e esporte.

1ª ROLLING STONE MUSIC & RUN – BRASÍLIA

Data: Sábado, 15 de novembro, a partir das 19h

Local: PARQUE DA CIDADE s/n - ASA SUL

Veja como foi a primeira edição do Rolling Stone Music & Run: