True Detective: saiba o que esperar da segunda temporada da série

Atração estreia na noite de domingo, 21, através do canal pago HBO

Rolling Stone EUA/ Rob Sheffield Publicado em 20/06/2015, às 11h07 - Atualizado às 15h12

Colin Farrell e Rachel McAdams na segunda temporada de True Detective.

Ver Galeria
(4 imagens)

Aqui vai uma surpresa: Rachel McAdams (Meia-Noite em Paris) foi uma ótima escolha para o papel de policial. Ela é facilmente a melhor coisa na segunda temporada de True Detective. A transição dela de uma “menina malvada” para uma policial durona é espetacular. O modelo da série estaria completamente perdido sem ela, já que cada temporada apresenta um enredo novo. A trama se passa em Los Angeles, e tem como ponto central uma conspiração criminal repleta de discursos filosóficos.

True Detective: conheça a mente brilhante por trás da série norte-americana mais falada do momento.

Vince Vaughn (Com a Bola Toda) faz o papel de um gangster neurótico que tenta entrar na legalidade. Já Colin Farrell (Por Um Fio Por Um Fio) é o genérico policial com problemas. Taylor Kitsch (Selvagens) interpreta um garanhão silencioso e forte que quer voltar a fazer rondas com a sua moto pela cidade.

Retrospectiva 2014: as melhores séries que estrearam na TV norte-americana.

A estreia de True Detective teve a surpresa como vantagem – já que ninguém esperava que Matthew McConaughey (Clube de Compras Dallas) ou Woody Harrelson (Onde os Fracos não Têm Vez) seriam capazes de interpretar de forma magistral os complexos papéis de Rust Cohle e Martin Hart. Foi uma constante surpresa em termos de atuação, roteiro e direção, mesmo quando o enredo não fazia o menor sentido. Toda a luminosidade do estado da Louisiana se transformou em escuridão através dos complexos policiais.

Galeria - Os melhores finais de séries de todos os tempos.

A segunda temporada, contudo, começa lenta, ao menos nos três primeiros episódios, sobretudo por não ter a novidade como arma: é um drama policial na Califórnia. Figura central da trama, Vaughn é um excelente ator de comédias, mas isso não faz dele amedrontador.

Farrell não convence. Quem não precisa de um lado obscuro? O problema é que ele sofre entre abismos psicossexuais que não são convincentes. E isso serve em dobro para Kitsch, que tem o carisma tragicamente sugado quando está vestido.

Nic Pizzolatto (The Killing), autor da série, invadiu um universo fascinante na primeira temporada, mas o sucesso não se repete nos novos episódios. Talvez McAdams seja o único trunfo da nova trama. True Detective é repleto de surpresas, mas a maior delas é o fato de Regina George, de Meninas Malvadas, ser a melhor detetive da série.