Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Selena Gomez é capa da Rolling Stone EUA e desabafa; 'Foi difícil aceitar que eu era bipolar'

Selena Gomez falou em entrevista sobre as crises de psicose que sofreu e da preparação para o novo disco

Redação Publicado em 03/11/2022, às 17h33

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Selena Gomez (Foto: Tibirina Hobson / Getty Images)
Selena Gomez (Foto: Tibirina Hobson / Getty Images)

Selena Gomez é capa da revista Rolling Stone EUA do mês de novembro. A cantora prepara seu documentário Selena Gomez: My Mind & Me para estrear amanhã (04). Em entrevista, a cantoradeu detalhes sobre o episódio de psicose que viveu em 2018, quando foi internada em uma clínica.

"Deu muito trabalho para aceitar que eu era bipolar, mas tive que aprender a lidar com isso porque sabia que não iria embora", disse Selena Gomez.

No episódio, Selena ainda revela que chegou a ouvir vozes que acabaram ficando cada vez mais altas e abafaram cada vez mais o mundo real. Foi internada quatro vezes e que sua vida passou a ficar "sombria," passando até idealizar o suicídio. 

"Estive em quatro centros de tratamento. Acho que quando cheguei nos meus vinte e poucos anos foi quando começou a ficar mais sombrio, quando comecei a sentir que não estava no controle do que estava sentindo, se tudo era muito bom ou muito ruim."
"Começava com depressão e depois isolamento. Então eu não conseguia sair da cama. Eu não queria que ninguém falasse comigo. Meus amigos me traziam comida porque me amavam (...) achei que o mundo seria melhor se eu não estivesse aqui. 

Ainda à publicação, Selena revelou que já escreveu 24 músicas para um novo disco "Serão apenas histórias divertidas de mim vivendo minha vida e saindo em encontros e conversando comigo mesmo. Eu sinto que será um álbum tipo 'Oh, ela não está mais naquele lugar; ela está apenas vivendo a vida", disse.


Selena Gomez: My Mind & Me

Dirigido por Alek Keshishian, cineasta responsável por Na Cama com Madonna(1991), a produção promete mergulhar nas fragilidades de Selena, incluindo suas inseguranças profissionais, a busca pela saúde mental, o peso da fama e o tratamento contra o lúpus.

Para a Variety, Keshishian afirma não ter interesse em documentar a história da cantora, atriz e compositora de maneira tradicional. “Eu quero mostrar algo mais autêntico e Selena também. Ela tem uma vulnerabilidade crua que me capturou… Eu não tinha ideia de que isso se tornaria um trabalho de amor de seis anos.”

+++ LEIA MAIS: Only Murders in The Building: Selena Gomez discute ‘romance’ com Cara Delevingne: ‘Nos divertimos muito’

É indiscutível que saúde mental é uma das prioridades na vida de Selena. Em 2021, a artista anunciou que parte do lucro das vendas da Rare Beauty, sua empresa de maquiagem e produtos para pele, seria revertido em doação para o Rare Impact Fund, programa que prevê suporte a jovens nos cuidados com sua saúde mental.

No trailer, inclusive, é possível ver imagens sensíveis da cantora indo a médicos e fazendo exames, além de lembranças da infância e do início da carreira. Selena Gomez: My Mind & Me estará disponível no catálogo da Apple TV+ em 04 de novembro. Assista ao trailer abaixo: