"Sempre odiei aviões"

Travis Barker, ex-baterista do Blink 182, fala sobre o acidente do qual escapou; quatro pessoas morreram

Da redação Publicado em 08/10/2008, às 10h40 - Atualizado em 20/02/2013, às 15h09

Travis Barker, ex-baterista do Blink 182, falou pela primeira vez sobre o acidente de avião do qual escapou no último dia 20 de setembro. Seis pessoas estavam a bordo da aeronave Learjet (mesmo modelo da que caiu sobre casas na zona norte de São Paulo em novembro do ano passado, deixando oito mortos) - apenas Travis e Adam Goldstein (DJ AM) sobreviveram.

Em entrevista à revista norte-americana US Weekly, Travis afirmou que sempre odiou aviões. "Meu maior medo na vida era estar envolvido em um acidente de avião, então quando aconteceu, bem...Simplesmente sou grato por estar vivo."

Depois de ser liberado de um hospital na Carolina do Sul, EUA, o baterista preferiu voltar de ônibus para sua casa, em Los Angeles. Travis está recebendo tratamento em centro especializado em queimaduras. "Estou tão ansioso para sair daqui. É uma cirurgia atrás da outra. Tenho queimaduras de 3º grau dos pés até a cintura e nas mãos. (...) Estou tentando ter uma recuperação rápida para tocar bateria de novo, e poder abraçar meus filhos novamente", disse o músico.

O Learjet bateu em uma rodovia depois de o piloto perder o controle ao tentar decolar. Entre os quatro mortos do acidente estavam Chris Baker, assistente de Travis, e Charles Still, seu guarda-costas.