Segundo produtor, Sense8 pode acabar na terceira temporada

Roberto Malerba disse ainda que, se confirmados, os novos episódios chegarão à Netflix só em 2019

Redação Publicado em 10/05/2017, às 12h26 - Atualizado às 14h21

Foto da segunda temporada da série Sense8, da Netflix

Ver Galeria
(4 imagens)

Sense8 voltou à Netflix há pouco tempo (a segunda temporada chegou na última sexta, 5), mas o futuro da série já está em discussão. Em entrevista ao portal italiano Newsflix, Roberto Malerba, um dos produtores da trama, disse que há uma grande possibilidade da próxima temporada da produção ser a última.

Segundo Malerba, os motivos para o fim da série seriam a “natureza complexa” da história e o fato de Lana Wachowski não ter mais o apoio da irmã dela, Lily Wachowski, na cocriação do programa. A dupla realizou as primeiras temporadas juntas, mas, após anunciar, em março do ano passado, que era uma mulher transgênero, Lily deixou a produção para focar na vida pessoal.

LEIA TAMBÉM

[Vídeo] Naveen Andrews: “Sense8 é sobre sexualidade”

Sense8 retorna com mais emoção, algumas respostas e uma conexão especial com o Brasil

Intérprete de Capheus, Aml Ameen foi substituído em Sense8

“Lana está responsável pela parte artística praticamente sozinha, o que não é uma coisa simples. Nas primeiras temporadas ela tinha a irmã ao seu lado, mas agora ela está completando seu processo de transição e, por conta disso, tirou um tempo para si mesma", disse o produtor.

E a complexidade da série não consiste apenas no enredo — que conta a história de oito desconhecidos ao redor do mundo que estão profundamente conectados. "Sense8 é um projeto muito caro, por causa de todas as viagens. Nós gravamos em 16 cidades diferentes. Cada episódio tem um custo médio de 9 milhões, cerca de duas vezes o valor em relação à primeira temporada”, afirma Malerba.

Ainda assim, as chances de Sense8 ganhar uma terceira temporada são grandes. “Lana já está escrevendo a terceira temporada, para estar pronta caso seja renovada. Existe vontade tanto dela quanto da Netflix de produzir novos episódios, o que é um bom ponto de partida. Em parte, dependerá do orçamento disponível em relação ao projeto que será apresentado para possíveis novos episódios”, comenta.

A previsão é de que a Netflix confirme a produção de uma nova remessa de episódios antes mesmo do fim de maio. Contudo, a nova temporada deve demorar dois anos para chegar à plataforma de streaming (mesmo período de tempo entre a primeira e a segunda temporada).

"Para escrever uma nova temporada precisamos de cerca de quatro meses, o que significa que, provavelmente ela seria filmada somente no próximo ano. Nós já estávamos discutindo a renovação em fevereiro, mas depois foi decidido que esperaríamos até 5 de maio para conseguirmos ter uma visão mais clara. Desse modo, a terceira temporada poderia vir em maio de 2019", completa o produtor.