Sequência de Wolverine ganha roteirista

Christopher McQuarrie assinará a história baseada na HQ de Chris Claremont e Frank Miller

Da redação Publicado em 14/08/2009, às 12h18

As novas aventuras do mutante mais popular de X-Men serão escritas pelo roteirista Christopher McQuarrie. Confirmada esta semana, no Teen Choice Awards, por Hugh Jackman, a sequência de X-Men Origens: Wolverinejá havia sido insinuada no desfecho do filme. As dicas apareceram em um "easter egg" ("ovo da páscoa", em português - apelido conferido às cenas "escondidas" entre os créditos finais), que mostra o dono das garras de metal num bar do Japão.

A escolha de McQuarrie, ratificada pelo site Hollywood Reporter, tira de campo David Benioff e Skip Woods. A dupla, que já assinou em parceria filmes como Tróia e O Caçador de Pipas, foi responsável pelo primeiro Wolverine.

McQuarrie, por sua vez, tem no currículo Os Suspeitos (que lhe rendeu um Oscar em 1995) e Operação Valquíria, liberado este ano no Brasil. Recentemente, ele se comprometeu com The Tourist (remake do thriller francês Anthony Zimmer - A Caçada), com Sam Worthington e Charlize Theron.

Alocado nos anos 80, o enredo retoma a HQ de Chris Claremont (roteiro) e Frank Miller (desenho), encomendada pela Marvel naquela década. A minissérie, que no Brasil ganhou o nome de Eu, Wolverine, ficou conhecida por aprofundar o personagem - até então, pouca coisa mais que um mutante mal-encarado.

No Japão, Wolverine flerta com duas direções: ou é fiel a seu instinto animal, ou se educa a partir do sisudo código samurai. No meio do caminho, encontra alguns ninjas para combater.

McQuarrie não évai cair de paraquedas na franquia. Ele e Bryan Singer (diretor dos primeiros dois filmes da saga) são parceiros de longa data: trabalharam juntos desde Os Suspeitos até o remake de Anthony Zimmer. McQuarrie deu uma mão ao colega no primeiro X-Men, de 2000. Seu nome, no entanto, ficou de fora dos créditos do filme.