'Sérgio Camargo é um preto de alma branca,' diz Martinho da Vila

Martinho da Vila também criticou trabalho de Camargo na Fundação Palmares

Felipe Grutter (com supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 17/08/2021, às 10h50

None
Martinho da Vila (Foto: Raphael Dias/Correspondente)

Durante participação no Roda Viva, programa da TV Cultura, na noite da última segunda, 16, Martinho da Vila afirmou como "Sérgio Camargo é um preto de alma branca." A fala veio após a apresentadora Vera Magalhães perguntar ao cantor e compositor sobre a atuação do jornalista frente à Fundação Palmares.

"Você, há um tempo, se posicionou contra o presidente da Fundação Palmares, quem é um dos que fazem uma política de oposição às conquistas do movimento negro, às políticas afirmativas. Como você vê esse retrocesso e qual posicionamento nós temos de ter para ele cessar e nós voltarmos a avançar nesse arcabouço de políticas?", questionou Magalhães.

+++LEIA MAIS: Rock in Rio 2022: datas, atrações, onde é e tudo que você precisa saber

"A Fundação Palmares foi criada para tratar da cultura negra e botaram aquele cara, o Camargo, bolsonarista radical, ele é um preto de alma branca, como se diz," respondeu Martinho da Vila. "Ele gostaria de ser branco, ele pensa ser branco, sente-se branco e [pensa como] precisa acabar com essas coisas todas de preto."

"Então, ele está lá cumprindo o  papel, acabar com a Fundação Palmares. Para mim, [a instituição] não existe mais, ele não exerce função alguma. Precisamos criar outra fundação. Aquela já era," continuou o artista. Assista ao trecho do Roda Vida sobre Sérgio Camargo abaixo:

+++LEIA MAIS: Sem estudo, trabalho, dirigir e sendo apedrejadas: a vida da mulher governada pelo Talibã


+++ CONFIRA TUDO SOBRE A BANDA 5 SECONDS OF SUMMER!