Série derivada de The Walking Dead não revelará origem da epidemia; veja mais detalhes

Criadores de Fear the Walking Dead afirmam que spin-off será “mais uma história paralela do que antecedente”

Rolling Stone EUA Publicado em 18/05/2015, às 16h00 - Atualizado às 17h07

Fear The Walking Dead

Ver Galeria
(5 imagens)

Mais detalhes sobre a próxima spin-off de Walking Dead foram revelados, explicando melhor o que havia sido mostrado no tenso trailer que o canal de TV norte-americano AMC divulgou no último mês de março (assista aqui).

Galeria: os dez melhores episódios de The Walking Dead.

O principal produtor, Dave Erikson, e o criador dos quadrinhos, Robert Kirkman, falaram sobre as relações entre os personagens e as histórias que construirão a nova série, intitulada Fear the Walking Dead.

Erikson – que produziu Sons of Anarchy e Low Winter Sun – disse ao Hollywood Reporter que a produção, que se passa em Los Angeles, durante o período em que Rick Grimes está em coma, é “mais uma história paralela do que antecedente... com sua própria estranheza e misturas.”

A história tortuosa e a ascensão sem limites de The Walking Dead, o programa mais sangrento da TV.

E por mais que Fear the Walking Dead aconteça no meio do surto da epidemia, a origem da doença continuará sem ser explicada. “Para [Kirkman], nunca teve a ver com o que causa aquilo; sempre foi sobre o impacto daquilo nas pessoas.”

Em entrevista ao Entertainment Weekly, Kirkman ofereceu alguns outros detalhes do relacionamento dos personagens centrais, Travis e Madison, “dois professores de escola que têm, ambos, filhos de casamentos anteriores e estão muito apaixonados.”

Twin Peaks,The Walking Dead, Breaking Bad e outras séries são "simpsonizadas" por ilustrador belga.

Kirkman enfatiza que os dois trabalham juntos como um time e protegem um ao outro em meio a uma civilização que está desabando. Lembrando a escolha da profissão, Kirkman faz homenagem a uma categoria frequentemente negligenciada entre heróis de ação.

“Acho que professores escolares estão à frente de muitas coisas nos dias de hoje com crianças, pais, familiares e todos os diferentes tipos de elementos de uma sociedade”, diz. “Eles são indivíduos consideravelmente duros, então vamos lidar com um casal de pessoas bastante difíceis nesta série.”

Relembre os momentos mais surpreendentes da 2ª parte da 3ª temporada de The Walking Dead.

Kirkman diz que a revelação da epidemia acontecerá por trás das cenas, em um primeiro momento, com notícias que não fazem sentido e a paranoia emergindo. Ele ainda nota que os primeiros zumbis mostrados na nova série terão “um visual extremamente único.”

Aos que esperam ver uma ressurreição dos amados personagens que já se foram, como Andrea, Erikson não faz promessas. “Acho que, logisticamente, seria muito difícil... não há planos de fazer isso, mas penso que este será um universo que pode ser explorado em algum momento.”

Assista ao primeiro vídeo promocional de Fear The Walking Dead.

Erikson também falou sobre a duração tanto do spin-off quanto da série original. Enquanto ele planeja cinco ou seis temporadas para Fear The Walking Dead, The Walking Dead ainda terá mais uma boa quantidade de temporadas baseadas no material que Robert Kirkman escreveu para os quadrinhos.

Quanto ao spin-off, Erikson diz: “Acho que é seguro apostar que, se as coisas ocorrem bem, eles provavelmente vão querer mais do que menos, mas não tenho certeza de qual será a quantidade exata.”

Os seis primeiros episódios de Fear The Walking Dead devem ser exibidos no meio deste ano pela AMC.