Série literária que inspirou Game of Thrones pode ter oito volumes, sugere editora

As Crônicas de Gelo e Fogo, de George R.R. Martin, inicialmente foi pensado para ser uma trilogia

Redação Publicado em 03/06/2014, às 16h27 - Atualizado às 17h27

George R.R. Martin
Amanda Schwab/AP

Fãs de Game of Thrones, vamos dar primeiro uma boa notícia: Anne Groell, editora de George R.R. Martin, indicou que a série literária As Crônicas de Gelo e Fogo (base do seriado da HBO) pode ter oito livros ao invés de sete, de acordo com o The Guardian. A má notícia? Considerando o lento processo de escrita de Martin, vocês terão que esperar ainda mais para saber o fim da história.

Artista cria propagandas "vintage" usando o universo de Game of Thrones.

Groell indicou a possibilidade de um oitavo livro em perguntas e respostas com fãs relembrando o fato de a série originalmente ter sido pensada para ser uma trilogia e acabou se tornando em sete livros. “Eu lembro quando ele me ligou, anos atrás, para confessar que a pequena trilogia estava, bom, deixando de ser uma trilogia. Ele previu quatro livros. Eu disse: ‘sete livros para os Sete Reinos’. Ele então disse que seriam cinco. Eu disse: ‘sete livros para os Sete Reinos’. E foram para seis. E eu entendi. Finalmente, estamos na mesma sintonia: ‘sete livros para os Sete Reinos’. Recentemente, editando a enciclopédia The World of Ice and Fire, descobri que são tecnicamente oito reinos. Então, talvez oito livros para Sete Reinos seja OK”.

George R. R. Martin comenta os acontecimentos chocantes do terceiro episódio da quarta temporada de Game of Thrones.

Jane Johnson, a editora dele no Reino Unido, diz não confirmar se Martin escreverá mais livros das Crônicas - o contrato dele é para sete publicações. “Honestamente, somente George sabe quantos livros estarão nessa série e ele não está dizendo. Contudo, neste estágio de estar escrevendo os livros, com tantos caminhos e personagens diferentes, ele talvez não saiba.”

George R.R. Martin escreve Game of Thrones em computadores com DOS.

Johnson admite não ter ideia de como Martin fará para unir todos os pontos da saga em apenas mais dois livros. “Se George continuar matando os personagens sem piedade, ele facilmente termina no sétimo livro.”

Gwendoline Christie (Brienne de Tarth) e Pedro Pascal (Oberyn Martell) falam sobre a quarta temporada da série, a sina dos personagens e da exposição que chega agora ao Brasil.

O último livro da série, A Dança dos Dragões, foi publicado em 2011 e não há previsão de chegada do sucessor, Os Ventos do Inverno. “Quando eu tiver uma data, vocês terão”, respondeu ela, completando que os mais recentes textos dele lidos por ela são “incríveis”.