Seth MacFarlane reprova montagem de Uma Família da Pesada que faz piada com atentado em Boston

Criador da série classificou o vídeo como “repugnante”; até o momento, três pessoas morreram e 175 ficaram feridas nas explosões ocorridas na reta final da maratona da cidade

Redação Publicado em 16/04/2013, às 21h00 - Atualizado às 21h44

Uma Família da Pesada
Reprodução / Vídeo

Seth MacFarlane, criador de Uma Família da Pesada, série animada famosa pelo humor negro e ácido, repudiou uma montagem na qual o protagonista Peter Griffin parece ter causado o atentado na linha de chegada da maratona de Boston, nos Estados Unidos, na última segunda-feira, 15. Três pessoas morreram e outras 175 ficaram feridas.

Na verdade, o vídeo que circulou amplamente nesta terça, 16, edita duas cenas distintas com Peter Griffin (veja abaixo). Primeiro, o personagem aparece sagrando-se vencedor da própria maratona de Boston – só que ele estava de carro, atropelando os outros corredores. Na sequência, Peter é questionado por um jornalista sobre como ele explicava a vitória e a cena é cortada para uma imagem de outro episódio, chamado Turban Cowboy, exibido nos Estados Unidos no dia 17 de março. Neste, Peter está vestido de islâmico e tenta ligar do celular de um terrorista, causando explosões. Veja o vídeo no player abaixo.

MacFarlane fez questão de reprovar a brincadeira através da sua conta no Twitter: “O vídeo editado de Uma Família da Pesada que está circulando por aí é repugnante”, escreveu. “Foi um crime e uma tragédia. Todos os meus sentimentos estão com as vítimas”, completou.

O vídeo foi publicado ainda na segunda, 15, e já foi visto por mais de 190 mil pessoas.