Sex Pistols entra em batalha judicial por uso de músicas em série sobre a banda; entenda

Steve Jones e Paul Cook, integrantes dos Sex Pistols, processaram o vocalista Johnny Rotten por ele proibir uso das músicas em 'Pistol'

Itaici Brunetti Publicado em 16/07/2021, às 10h03

None
Sex Pistols em 1977 (Foto: AP)

O guitarrista Steve Jones e o baterista Paul Cook, integrantes do Sex Pistols, abriram um processo contra o vocalista Johnny Rotten porque ele proibiu o uso das músicas do grupo no seriado de TV Pistol, do diretor Danny Boyle

O processo foi aberto na Suprema Corte de Londres nesta quinta-feira, 15, a respeito do uso das músicas do Sex Pistolsna série. Edmund Cullen, advogado dos dois demandantes, afirmou que sob os termos de um acordo de 1998 entre os membros do grupo, as decisões de licenciamento devem ser tomadas pela maioria dos votos.

+++LEIA MAIS: Johnny Rotten é excluído de série sobre Sex Pistols por ser ‘difícil de trabalhar’

Em abril de 2021, Johnny Rottendisse ao jornal Sunday Times que Pistol é "a merda mais desrespeitosa que já viu", e que só cederá o uso das músicas dos Sex Pistols se for obrigado pela Justiça.

Pistol é dirigida pelo cineasta britânico Danny Boyle [Trainspotting, Cova Rasa, A Praia, 127 Horas e Yesterday] e baseada nas memórias de Steve Jones. A previsão de estreia é 2022. 

+++LEIA MAIS: Juventude antirracista 'tem m**** na cabeça,' afirma Johnny Rotten dos Sex Pistols

As informações são da BBC News.


+++ OS 5 DISCOS ESSENCIAIS DE BOB DYLAN | ROLLING STONE BRASIL