Shakira vence o terceiro processo movido pelo ex-namorado

O empresário Antonio de la Rúa entrou na justiça para exigir parte dos lucros da cantora

Redação Publicado em 02/08/2013, às 11h57 - Atualizado às 13h23

Benfeitores: Shakira
AP

Shakira venceu o ex-namorado Antonio de la Rúa de novo. Pela terceira vez seguida. O Tribunal Superior de Los Angeles anunciou o veredicto nesta quinta-feira, 1, negando o pedido de De la Rúa de “sociedade” que exigia uma parte dos lucros da cantora. As informações são da agência Associated Press.

O mundo não é o bastante: pecados, medos e ambições de Shakira.

“Sou muito grata aos tribunais por não permitirem que esses processos sem fundamento seguissem adiante”, declarou a cantora colombiana. “Eu espero que este tormento chegue ao fim.”

“Eu segui em frente com a minha vida e não poderia estar melhor”, disse a cantora, que deu à luz um menino em janeiro deste ano. A criança é fruto de um relacionamento com Gerard Piqué, jogador de futebol do time espanhol Barcelona.

De la Rúa, empresário e namorado de Shakira por mais de dez anos, alega que teria direito a parte do dinheiro dela por tê-la ajudado a chegar ao estrelato.

Os advogados dela, contudo, informam que Shakira e o empresário argentino assinaram um acordo pré-nupcial em 2006 que estabelecia que ele não teria direito às rendas futuras dela. Também foi citado que um tribunal em Los Angeles não era o local adequado para julgar um caso entre uma colombiana e um argentino.

Em novembro de 2012, o ex-namorado entrou com o primeiro processo, pedindo US$ 250 milhões, em Nova York. No mês de abril de 2013, na Califórnia, ele tentou novamente, desta vez pedindo por US$ 100 milhões.