"Quero que tudo seja esclarecido logo para que as pessoas continuem dançando 'Ai Se Eu Te Pego' pelo mundo", diz Sharon Acioly

Nesta semana, três estudantes reivindicaram a autoria do refrão da música; Sharon afirma que não se opõe a incluí-las nos créditos

Redação Publicado em 03/02/2012, às 14h05 - Atualizado às 14h20

Sharon Acioly
Divulgação

Sharon Acioly, uma das autoras do hit "Ai Se Eu Te Pego", interpretado por Michel Teló, resolveu se pronunciar sobre a polêmica envolvendo os créditos de composição da música. Nesta semana, três estudantes paraibanas reivindicaram a autoria do refrão. Por meio de comunicado enviado à imprensa, Sharon afirmou que "nunca escondeu que a música foi inspirada em brincadeiras que aconteciam entre os adolescentes que frequentavam o Axé Moi, espaço de eventos em Porto Seguro onde acontecem as apresentações" da animadora de palco.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

"A partir das brincadeiras que eu fazia em cima do palco, tive a ideia de transformá-las em música, e acabou que se tornou um grande sucesso. Em nenhum momento este fato deixou de ser mencionado em entrevistas sobre o sucesso da música", afirma a cantora na nota.

Sharon revelou ainda que não irá se opor caso haja qualquer reivindicação judicial envolvendo uma possível coautoria. "A minha única vontade hoje é que tudo seja esclarecido logo para que as pessoas continuem ouvindo e dançando 'Ai Se Eu Te Pego' pelo mundo."

As estudantes Amanda Cruz, Aline Medeiros da Fonseca e Karine Assis Vinagre contam que o refrão foi feito junto a mais quatro amigas em uma viagem à Disney, em 2006.

Em entrevista à edição de fevereiro da Rolling Stone Brasil, em breve nas bancas, Sharon falou sobre a música. “A princípio, era um funk. Mas aí o Antônio Diggs soube da brincadeira e me falou: ‘Sharon, eu fiz essa música de forró pra minha banda’. E daí eu curti e a gente fez essa parceria.”

Assista abaixo ao vídeo em que a compositora credita a canção às três estudantes: