Sharon Jones revela que está com câncer novamente

"Vou continuar lutando", disse a cantora norte-americana

Redação Publicado em 14/09/2015, às 14h20 - Atualizado às 16h06

VETERANA "Sou autêntica", diz Sharon Jones

Ver Galeria
(2 imagens)

Diagnosticada com câncer no pâncreas, em 2013, a cantora Sharon Jones revelou que está novamente com a doença. A informação foi confirmada por ela durante a estreia de um documentário justamente sobre sua luta contra o câncer, Miss Sharon Jones!, no festival de cinema de Toronto, no Canadá.

Discografia comentada: além de clássicos da soul music, Marvin Gaye gravou diversas obscuridades.

“Começo a quimioterapia na quarta-feira [16 de setembro]. Mas vou continuar lutando. Temos um longo caminho pela frente”, ela disse no palco do evento, acompanhada pelo oncologista, Dr. James Leonardo. “Vou fazer o que tenho que fazer. Vou cantar.”

Discografia comentada: Tim Maia, o groove do síndico.

Sharon Jones falou sobre a doença em entrevista à Rolling Stone EUA, em 2014, e protestou contra o alto custo do tratamento médico nos Estados Unidos: “Não faz nenhum sentido. Se eu não tivesse plano de saúde eles estariam me cobrando mais? Pessoas pobres deveriam pagar ainda menos! As pessoas estão morrendo! Eles estão deixando as pessoas morrerem! É triste. Os médicos no hospital não vão te operar. E você simplesmente vai morrer”.

Relembre momentos da carreira de Aretha Franklin.

Aos 59 anos, a artista soul esteve em maio de 2015 no Brasil para uma série de apresentações e também falou à Rolling Stone Brasil. “Gostei muito do Brasil”, disse. “Eu fui a um restaurante em São Paulo e adorei a comida. Não lembro o nome dele, mas espero voltar”.

A cantora se prepara para lançar dois discos depois de Give the People What They Want, de 2014. “Este meu novo trabalho será um pouco mais orquestrado”, adiantou. “Mas ele vai manter a minha essência de sempre. Ele vai ser R&B e soul, não pop. Ele vai estar nas lojas em 2016.”

O outro projeto de Sharon é um álbum com canções natalinas, It's a Holiday Soul Party, previsto para 30 de outubro deste ano. “Ele vai ter as coisas tradicionais, como ‘Silent Night’ e outras do gênero. Gravar é bom exercício, eu preciso muito lançar álbuns para ter um repertório para os shows, mas isso não é exatamente uma mina de ouro. O meu dinheiro vem mesmo das turnês”, declarou ainda à Rolling Stone Brasil.