Showrunner de The Walking Dead enfim revela por que não mataram a Carol

A personagem está no seriado desde a primeira temporada

Redação Publicado em 21/10/2020, às 17h57

None
Norman Reedus e Melissa McBride (Foto: Reprodução/ AMC)

Em entrevista ao Looper, Scott Gimple, diretor de conteúdo da franquia The Walking Dead e ex-showrunner da série, comentou sobre a personagem Carol e sobre a importância dela.

A protagonista está no seriado desde a primeira temporada e, ao contrário de muitas figuras da produção, sobreviveu corajosamente em todos os episódios.

+++LEIA MAIS: Produtor de The Walking Dead colocou cabeças de zumbi na própria casa para se proteger do novo coronavírus

Quando questionado se Carol e Daryl são invencíveis, Gimple respondeu: "Bem, tudo é possível, e a atenção das pessoas hoje em dia é muito importante, então nunca se sabe".

O diretor de conteúdo falou que não gosta de spoilers, mas comentou: "Vou dizer que tudo é possível, mas fizemos esse anúncio, e acho que não vamos estar seguindo alguns caminhantes [zumbis]  naquele programa. Acho que seria estranho".

+++ LEIA MAIS: Showrunner de The Walking Dead provoca romance entre Daryl e Carol em spin-off

O anúncio em questão é o spin-off da série, estrelada por Daryl Dixon e Carol Peletier. Criada por Angela Kang e por Gimple, a produção ainda sem título está programada para estrear em 2023.

Na conversa, Gimple revelou como pensaram em matar Carol na 3ª temporada, mas ele foi oposto a ideia. "Eu fui muito forte contra isso porque eu vi sua jornada de passar de alguém sob o controle de seu ex-marido para ser uma guerreira."

“Pareceu a jornada mais incrível para nosso personagem ter, e tendo trabalhado com Melissa McBride até aquele ponto, era como, 'Oh, bem, ela poderia fazer isso. Ela pode fazer qualquer coisa'", concluiu.


+++ XAMÃ: ‘SE VOCÊ NÃO SENTE NADA COM UMA MÚSICA, É PORQUE TEM ALGUMA COISA ERRADA' | ROLLING STONE BRASIL