Silva passa por maus bocados no clipe de “Sufoco”; assista

O vídeo foi dirigido por William Sossai e J. Brivilati

Redação Publicado em 07/10/2016, às 15h50 - Atualizado às 19h05

Cena do clipe "Sufoco", do capixaba Silva
Reprodução

“Sufoco” é o terceiro e mais recente videoclipe do álbum Júpiter, do intérprete e compositor Silva. Com direção de William Sossai e J. Brivilati, o vídeo mostra o capixaba passando por maus bocados.

O cantor aparece amordaçado e preso dentro do porta-malas de um carro. Em seguida, um personagem inicialmente misterioso começa a quebrar o veículo com um pé-de-cabra. A destruição se encerra com o automóvel em chamas.

Lançado em novembro passado, o terceiro trabalho dele conta com 11 faixas. “Acho que foi um processo de autoconhecimento”, disse o músico em entrevista à Rolling Stone Brasil. “Fui ficando mais à vontade com o palco e com o trabalho. Isso acabou refletido nas músicas e no jeito de cantar.”

“Tenho facilidade em colocar muita coisa na música”, confessou. “Mas não queria repetir os dois primeiros discos.” A nova abordagem do cantor oriundo de Vitória gerou canções mais diretas, leves e influenciadas por R&B. “Sempre gostei, mas achava um som muito sexual, cheio de groove”, conta ele, que hoje se sente mais tranquilo para usar esse estilo.

Ele também estava mais à vontade para falar de sexo. “O disco aborda o sexo não na letra, não diretamente. Mas tem uma coisa sexual no som. As músicas são menos etéreas, mais pele mesmo”, disse.

Vindo de uma família protestante e de músicos eruditos, ele declarou que “levou um tempo” até ter “confiança para abordar esse tipo de coisa”. Júpiter é escancaradamente romântico, mas também político, pedindo licença a “tanta opinião conservadora rolando por aí”, conforme falou. “Racismo, machismo, homofobia... Não estou muito otimista”, posicionou-se Silva.

Assista ao clipe de “Sufoco” abaixo.