Silvio Horta, criador de 'Betty, a Feia', é encontrado morto; polícia suspeita de suicídio

Aos 45 anos, o roteirista e produtor de televisão norte-americano teria se matado com um tiro

Redação Publicado em 08/01/2020, às 09h10

None
Silvio Horta (Foto: Ap Images / Matt Sayles)

Silvio Horta, criador da série Betty, a Feia, foi encontrado morto em um quarto de motel em Miami na última terça, 7, após suposto suicídio. Ele tinha 45 anos.

Segundo a Variety, fontes indicam que roteirista e produtor de televisão norte-americano teria se matado com um tiro. Um representante confirmou a morte de Horta, mas não comentou sobre a natureza dela.

A versão americana de Ugly Betty, estrelada por America Ferrera, foi exibida pela rede ABC de televisão entre 2006 e 2010 e foi adaptada da telenovela colombiana Yo soy Betty, la Fea, originalmente criada por Fernando Gaitan.

Horta atuou como showrunner e roteirista do drama de comédia, sendo indicado ao Emmy em 2007. 

Durante sua exibição, o programa também ganhou dois Globos de Ouro, um para melhor série de comédia e outro para Ferrera, que comentou sobre o caso no Instagram, escrevendo: "O talento e a criatividade [de Silvio Horta] trouxeram a mim - e a tantos outros - muita luz."

Veja a publicação aqui.

Filho de imigrantes cubanos, Silvio Horta nasceu em Miami e se formou na Coral Gables Senior High School em 1992 - mesmo ano em que se assumiu gay - e frequentou a Escola de Artes Tisch da Universidade de Nova York.

Horta também roteirizou o filme Lenda Urbana (1998) e as séries The Chronicle e Jake 2.0.

 


+++ CORUJA BC1: 'FAÇO MÚSICA PARA SER ATEMPORAL E MATAR A MINHA PRÓPRIA MORTE'