Sinead O'Connor tuíta pedindo ajuda após tentativa de suicídio

A cantora de 45 anos afirma que simplesmente teve que buscar ajuda

<i>Rolling Stone EUA</i> Publicado em 13/01/2012, às 11h45 - Atualizado às 12h11

Sinead O'Connor
AP

A cantora Sinead O'Connor continua enfrentando problemas e lutando contra seus demônios publicamente. Na última quarta, 11, ela mandou um pedido desesperado de ajuda em sua conta no Twitter, revelando somente depois que o post veio após uma tentativa de suicídio dela, que ingeriu remédios na semana anterior.

"Alguém conhece um psiquiatra em Dublin ou Wicklow que possa me atender urgentemente hoje, por favor? Estou realmente mal e em perigo. Eu desesperadamente preciso voltar a tomar remédios hoje", tuitou a cantora de 45 anos.

Depois do incidente, O'Connor disse ao tabloide britânico The Sun: "Deus obviamente me quer por aqui – mas eu não consigo pensar no motivo". Ela também explicou: “Eu simplesmente tive que buscar ajuda”.

A tentativa de suicídio foi mal-sucedida e O'Connor foi internada com um tornozelo fraturado. No hospital, fez outra tentativa, de acordo com o The Sun. O episódio dramático é o mais recente em um ano complicado para a polêmica cantora irlandesa. Em setembro de 2011, ela postou uma série de tuítes que tinham conotação suicida, mas os renegou posteriormente em uma carta aberta publicada em seu blog. Em parte, ela dizia: "Pessoas que expressam sentimentos suicidas são menos propensas de ir em frente com isso. Qualquer um que te diga qualquer merda por expressar sentimentos suicidas é um imbecil e deverá ser educadamente requisitado a deixar sua preciosa companhia".