Skank celebra 20 anos de O Samba Poconé com gravação de álbum e filme ao vivo no RJ

A banda tocará a íntegra do disco de 1996 em show no Circo Voador, no próximo mês de novembro

Redação Publicado em 28/06/2017, às 11h56 - Atualizado às 15h59

Skank no show comemorativo de 30 anos do Rock in Rio

Ver Galeria
(3 imagens)

O Skank fará um show no Circo Voador, no Rio de Janeiro, em 25 de novembro, para a gravação de um filme – e um álbum de acompanhamento – ao vivo. Segundo a colunista do UOL, Adriana de Barros, a ocasião será mais uma das comemorações dos 20 anos do disco O Samba Poconé, de 1996.

Na apresentação, chamada de Samba Poconé – 20 anos, a banda mineira vai executar a íntegra de todas as faixas do álbum original. O repertório deve ser complementado com algumas músicas lançadas pelo Skank no início da carreira, nos primeiros anos da década de 1990.

Será a primeira vez em que o Skank vai gravar um disco/filme ao vivo no Rio de Janeiro. O material ainda não tem data de lançamento, mas será editado em plataformas físicas: CD, DVD e vinil duplo.

O Samba Poconé foi lançado originalmente em 1996 e conta com sucessos como "É Uma Partida de Futebol", "Tão Seu" e "Garota Nacional". O disco foi produzido por Dudu Marote.

Recentemente, a banda entrou em turnê pelo Brasil ao lado de Céu e Jorge Ben Jor para o projeto Nivea Viva, que em 2017 homenageou o cantor e compositor carioca.