Smartwatch usa calor do corpo para carregar bateria

Modelo Matrix PowerWatch jamais precisa ser levado à tomada

ROLLING STONE/OFERECIMENTO TIM Publicado em 28/11/2016, às 16h06 - Atualizado às 16h14

TIM - Smartwatch
Divulgação

Smartwatches há tempos caíram no gosto dos amantes da tecnologia, mas têm o mesmo problema de qualquer aparelho eletrônico com tela touch: a bateria. E muitas vezes – para não dizer sempre – ela acaba quando você mais precisa. Por isso, pesquisadores têm buscado alternativas que façam diminuir a necessidade de levar o aparelho a uma fonte de energia elétrica.

Além de opções de aparelhos que usam luz solar para se carregar, chega ao mercado um modelo que “se alimenta” do calor do corpo do próprio usuário. Chamado Matrix PowerWatch, o aparelho acaba de ser viabilizado via financiamento coletivo. Ele nunca precisa ser carregado junto à tomada – a bateria funciona 100% a partir do calor emitido pelo corpo.

Mesmo parado, o corpo gera uma temperatura capaz de energizar o relógio. Quando em movimento, essa energia é potencializada, e o gadget armazena mais energia.

As funcionalidades do Matrix se assemelham às dos smartwatches comumente encontrados no mercado: contador de passos, de calorias gastas, de qualidade sono, alteração de interface de acordo com as preferências do usuário e conexão com o celular, entre outras.

Saiba mais aqui ou no vídeo abaixo (em inglês):