Smashing Pumpkins anuncia dois novos discos para 2015

Banda espera que a primeira música dos trabalhos seja divulgada até o fim deste ano

Rolling Stone EUA Publicado em 26/03/2014, às 10h50 - Atualizado às 10h53

Galeria – Separações mais conturbadas do rock- Smashing Pumpkins
AP

Após assinar um novo contrato com a gravadora BMG, Billy Corgan, líder do Smashing Pumpkins, anunciou no site da banda que o grupo lançará dois discos em 2015, Monuments to an Elegy e Day for Night, e que o primeiro single deve sair até o fim deste ano.

Estrela Solitária: A tristeza infinita e a redenção improvável de Billy Corgan, o último integrante original do Smashing Pumpkins.

“Àqueles que possam se interessar na música: ‘guitarras, guitarras, guitarras e mais guitarras’”, escreveu Corgan. “Mas mostrando um lado mais épico do que, digamos, grosseiramente metálico.”

A banda iniciou as gravações na terça-feira, 25, e o vocalista explicou que a maioria das canções já está escrita e prontas para o estúdio. Os álbuns serão novamente produzidos por Howard Willing, que trabalha com o grupo desde Adore, de 1998.

Os fãs poderão seguir o processo de gravação da banda no novo site deles (aqui), no qual Corgan promete publicar “títulos das músicas, impressões poéticas, imagens, clipes de som, equipamentos de som, para oferecer uma visão geral de como o tortuoso processo se desenrola”. Ele afirma que o site irá “atender melhor a velocidade da vida moderna” através da “sua simplicidade.”

As 15 separações mais conturbadas do rock.

O Smashing Pumpkins não lança um disco desde Oceania, de 2012, mesmo que Corgan tenha anunciado, através do Twitter, há um ano, que havia começado a compor músicas para o sucessor do álbum. Não que ele tenha se mantido ocioso: a banda relançou o clássico Mellon Collie and the Infinite Sadness em 2013 e, mais recentemente, o músico criou uma jam eletrônica inspirada no livro Sidarta, Herman Hesse, de 1922.