Pulse

Sombrio e violento, Coringa deve chegar ao Oscar, aposta crítico

Novo filme do vilão de Batman dá um novo tom - e respiro - às produções da DC

Redação Publicado em 26/07/2019, às 19h56

None
Joaquin Phoenix como Coringa (Foto: Reprodução / YouTube)

Pelo que parece, Coringa, a nova produção da Warner Bros, veio para colocar os longas da DC Comics de volta no jogo. O longa, dirigido por Todd Philips, estrea no Festival de Cinema de Vezeneza, um dos mais renomados do ramo, e impressionou quem já viu. 

Alberto Barrera, diretor artístico do Festival de Veneza, foi um dos nomes da crítica especializada que apostou no potencial da produção sobre o vilão alucinado. Ele revelou MovieWeb nesta semana a decisão de Phillips de inscrever a produção no Leão de Ouro, o prêmio máximo do festival europeu.

+++ LEIA MAIS: Filme do Coringa com Joaquin Phoenix será proibido para menores de idade, revela diretor 

E, para ele, pode levar o troféu - e também chegar mais longe e ser agraciado por alguns Oscar, premiação mais relevante da sétima arte “Eu devo dizer, a Warner me convenceu bem rapidinho, porque o filme é realmente surpreendente. É o longa mais surpreendente que temos este ano… Ele vai diretamente para o Oscar, apesar de ser extremamente sombrio e violento. Ele tem uma escala e uma ambição impressionantes”, disse Barrera.

Coringa conta a história do vilão do Batman já vivido por Heath Ledger na trilogia do Cavaleiro das Trevas, de Christopher Nolan. Desta vez, seu papel foi dado a Joaquin Phoenix. Estrelam ao lado dele Robert De Niro, Bill Camp (Operação Red Sparrow, A Grande Jogada), Frances Conroy (American Horror Story, Castle Rock), Brett Cullen (42, Narcos), Glenn Fleshler (Billions, Barry), Douglas Hodge (Operação Red Sparrow, Penny Dreadful), Marc Maron (Maron, GLOW), Josh Pais (Motherless Brooklyn, Going in Style), e Shea Whigham (O Primeiro Homem, Kong: A Ilha da Caveira).

+++ LEIA MAIS: Batman criança, origem como comediante e mais: os segredos do trailer de Coringa, com Joaquin Phoenix 

Aqui no Brasil, tem previsão de estreia para 3 de outubro de 2019.

+++ SESSION ROLLING STONE: Francisco, El Hombre abre um diálogo sobre depressão com "Parafuso Solto :: Peso Morto"