Soundgarden acusa Vicky Cornell de bloquear acesso às redes sociais da banda; entenda

Durante processo judicial, ela trocou as senhas das mídias sociais do grupo

Vitória Campos | @camposvitoria (sob supervisão de Camilla Millan) Publicado em 01/04/2021, às 19h48

None
Soundgarden em 2014 (Foto:Jack Plunkett/Invision/AP)

A batalha judicial entre o Soundgarden e Vicky Cornell, viúva do cantor Chris Cornell, piora cada vez mais. Recentemente, a banda exigiu legalmente que Cornell renuncie às senhas das redes sociais do grupo de rock. As informações são do Consequence of Sound

Vicky Cornell é acusada por Kim Thayil, Matt Cameron, Ben Shepherd e o gerente de negócios Rit Venerus, de bloquear o acesso dos integrantes da banda ao Facebook; Twitter; Instagram; Vimeo; YouTube; Snapchat e site oficial. Além de ter mudado a senha de todas as mídias sociais. 

+++ LEIA MAIS: Justiça não vê evidências de que o Soundgarden deve royalties para Vicky Cornell; entenda

Segundo o Soundgarden, as contas das redes estão em “estado de abandono” devido à situação. A loja oficial no Facebook está inativa e a conta do Twitter está no processo de perder o emblema de verificado. 

O grupo pede para Cornell passar as senhas ou desabilitar as contas com a seguinte mensagem: “O Soundgarden suspendeu temporariamente suas contas oficiais de mídia social devido a litígios pendentes.” Vicky adquiriu a posse das senhas com a empresa de gerenciamento Patriot Management, após o começo do processo judicial. 

+++ LEIA MAIS: Soundgarden soube da morte de Chris Cornell pelo Facebook

A disputa na justiça começou em dezembro de 2019, quando Vicky Cornell processou o grupo por gravações inéditas, entre outras questões. Ela alegou serem demos solo de Chris e a banda confirmou que se destinavam ao próximo disco do grupo.

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes

+++ KANT | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL