SPFW: presenças ilustres e coleções coloridas marcam segundo dia do evento

Paris Hilton desfila para Triton e causa alvoroço; Osklen se inspira no oceano em nova coleção

Por Patrícia Colombo Publicado em 11/06/2010, às 17h32

Modelo se prepara para o desfile da Ellus no pseudobackstage

Ver Galeria
(4 imagens)

Correria característica de uma semana de moda. Fotógrafos carregando suas pesadas câmeras pelos corredores - fazendo um pit stop na área de imprensa para baixar as imagens registradas pelas lentes -, modelos magérrimas circulando com pressa ao lado de seus agentes nos intervalos entre um desfile e outro (na maioria das vezes com uma toalha na cabeça para secar os cabelos molhados), fashionistas nas filas prestes a entrar nos recintos aonde os desfiles acontecerão. Sim, também há aquela imensa quantidade de pessoas sem convites que batalham nos ouvidos as assessoras para uma entrada. Mais um dia de São Paulo Fashion Week.

A jornada desta quarta, 10, teve início fora da Bienal, às 12h30, com o desfile da Iódice, realizado no luxuoso shopping Iguatemi. No mesmo horário, no espaço situado no Parque do Ibirapuera, circulavam somente aqueles relacionados à organização do evento. A movimentação no local só teve início por volta das 14h30, quando, após o evento da Iódice e um almoço rápido, os amantes da moda retornaram para mais uma maratona na Bienal, que seria iniciada com o desfile da Ellus, seguido pela moda praia da Água de Coco, a sofisticada coleção feminina de Alexandre Herchcovitch, as peças leves da Cori, a monocromática linha da Osklen e a comentada Triton. A grife convocou a socialite Paris Hilton para o desfile - desde cedo tema de burburinhos entre os que compareceram ao evento.

Entre as presenças famosas, estiveram o pré-canditado ao governo de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) e as cantoras Claudia Leitte e Baby do Brasil. Algumas das coleções apresentadas no dia trouxeram uma marcante mistura entre tons nude e cores vivas, mostrando que a tendência é a de um verão bastante leve e alegre. Acompanhe abaixo como foram alguns dos desfiles:

Ellus - 15h30: Se você, leigo no assunto, sempre teve curiosidade de saber como é a preparação dos modelos no backstage, o desfile da Ellus pode sanar a grande dúvida. Foi montada uma estrutura na qual foram dispostas penteadeiras e araras com roupas - além da passarela - separadas da plateia por um imenso plano transparente. Antes no início, aqueles que entravam na sala 1 (local do desfile), puderam acompanhar o modelos masculinos e femininos sendo arrumados pela equipe da grife. A coleção comandada por Adriana Bozon apresentou jeans coloridos, estampas florais e cores fortes como amarelo, laranja se misturando a tonalidades mais leves.

Água de Coco - às 17h: Repetindo o feito da Cia Maritma, a Água de Coco convocou um pesado time de modelos para sua coleção primavera/verão 2011. Raica de Oliveira, Michelle Alves, Renata Kuerten, Izabel Goulart, Ana Claudia Michels e Juliana Imai foram alguns dos nomes. O telão ao fundo trazia a imagem de uma floresta e a trilha-sonora (realizada pelo DJ Zé Pedro) começava com vocais de Milton Nascimento acompanhado de um piano e um violão (gravação) e, posteriormente, ia de ritmos mais fortes e acelerados, em um som eletrônico que lembrava uma batucada indígena, acompanhando a temática da brasilidade. Nos maiôs e biquínis, acompanhando a tendência, cores fortes, mas também grafismos em preto e branco. A coleção foi elaborada por Liana Thomaz.

Cori - às 20h: DJ Hisato Tanaka foi o responsável pela trilha da Cori, iniciando o desfile com sons de passarinhos, passando por uma musicalidade mais introspectiva e finalizando com um estilo oitentista. As roupas, por sua vez, traziam elegância e movimento, com predomínio do nude e tons pastel, com saias e calças de cintura lata.

Osklen - às 21h: A experiência de um mergulho no mar realizado pelo estilista Oscar Metsavaht resultou no tema da nova coleção da Osklen. A monocromática linha primavera/verão 2011 trouxe diversos tons do azul, com uso predominante do algodão nas peças. Para a elaboração, valeu-se de corante natural, mostrando sua preocupação com as questões ambientais. Em clima do oceano, o público pode ver até barbatanas de tubarões em prata nos modelos e peças de roupas que lembravam redes de pesca, indo do azul mais claro ao mais escuro, representando o degradê natural do mar quanto mais fundo se mergulha (devido a ausência de luz nas áreas mais profundas). "Mergulhamos em um mundo de Jacques Cousteau, de oceanos. Tudo o que possa ter no mundo aquático", disse à imprensa, após o desfile. "É um mundo gostoso de extrair ideias."

Triton - às 22h40: Em desfile lotado, Karen Fuke, estilista atualmente responsável pelas criações da grife, inspirada nos anos 50 e 60, trouxe mais uma vez ao Brasil a socialite norte-americana Paris Hilton para desfilar para a nova temporada da Triton. Com a temática de "uma festa na beira da piscina que começa no início da tarde e termina no comecinho daS noite", como explicou a estilista à Rolling Stone Brasil, apostou nos vestidos curtos, no uso de franjas e misturou texturas, entre elas alfaiataria, meia malha e lese. Veja aqui como foi a participação de Hilton na passarela da Triton.