Spotify planeja entrar no mercado de streaming de vídeos, diz jornal

Segundo o The Wall Street Journal, a empresa pode vir a produzir as próprias séries

Redação Publicado em 07/05/2015, às 17h35 - Atualizado às 18h00

Spotify
Divulgação

O Spotify, um dos mais populares serviços de streaming musical do mundo, pode em breve começar a brigar em outras “trincheiras” da internet. O The Wall Street Journal afirma que a empresa está interessada em ampliar o alcance para a área de vídeos.

Saiba quem são as cinco pessoas mais poderosas no mundo do streaming musical.

Segundo o jornal, executivos da marca têm conversado com representantes do setor, como o YouTube, para averiguar a possibilidade de futuras parcerias de conteúdo. A produção de séries como as da Netflix, por exemplo, poderia fazer parte dos negócios da empresa.

O Spotify ainda não se pronuncia a respeito do assunto, porém, um comunicado oficial será feito no próximo dia 20 de maio e o assunto pode ser o tema central.

Jay Z rebate críticas ao Tidal: “A loja do iTunes não foi construída em um dia”.

Com cerca de 60 milhões de usuários, o Spotify enfrentará concorrência cada vez maior no mercado musical de agora em diante. Recentemente, o rapper Jay Z lançou o próprio produto, o Tidal, apoiado por inúmeros artistas de peso. Em breve, a Apple também entrará no jogo por meio da Beats Music.