Stallone quase foi pai de Meryl Streep em filme que nunca saiu do papel; entenda

O ator era um soldado congelado em O Demolidor

Redação Publicado em 09/06/2020, às 11h38

None
Sylvester Stallone em O Demolidor (foto: reprodução/ Warner Bros.)

Meryl Streep marcou a história do cinema como uma das maiores atrizes dos filmes de drama e comédia, porém nunca participou em um longa-metragem de ação. E, felizmente, a ideia bizarra de colocar a estrela junto de Sylvester Stallone como filha dele não deu certo.

Em entrevista com a Vulture, o roteirista Daniel Waters (Batman: O Retorno) contou que chegou a desenvolver uma sequência para O Demolidor (1993). Stallone era um policial renegado que foi congelado durante décadas e acorda para caçar criminosos numa versão futurista de Los Angeles.

+++LEIA MAIS: Stallone emociona ao narrar a história de Rocky Balboa em documentário nostálgico

A continuação revelaria que John Spartan (Stallone) tinha uma filha que ainda estava viva, mas como ele veio do passado para o futuro, ela estaria com uma idade parecida com a dele.

“Nós tínhamos cortado todas as referências a uma filha no primeiro filme. Precisávamos de algo. Então o produtor Joel Silver queria Meryl Streep como a filha na sequência. Ele achava que ela precisava de um grande filme de ação na carreira”, contou Waters.

+++LEIA MAIS: Stallone quebrou as costas e Jason Statham quase morreu: os acidentes de ‘Mercenários 3’

“Eu discordava dele. Mas ele queria convencê-la de todas as formas para que eu pudesse escrever o roteiro. Nós conversamos sobre a sequência, com certeza", acrescenta Waters. No fim das contas, a sequência de O Demolidor nunca saiu do papel – felizmente.

Sylvester Stallone revelou recentemente que uma continuação do clássico continua em desenvolvimento, mas não há mais detalhes concretos no momento. Além de Stallone, O Demolidor também teve nomes Wesley Snipes e Sandra Bullock no elenco.


+++ DELACRUZ | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO