Afinal, o que tem no ‘J.J. Cut’, a versão do diretor de Star Wars: A Ascensão Skywalker de J.J. Abrams

A versão completa do longa teria 3 horas de duração, e mais cenas para fechar lacunas da história

Redação Publicado em 09/01/2020, às 08h39

None
Star Wars - A Ascensão Skywalker (Foto: Reprodução Disney/ Lucasfilm)

O usuário do Reddit egoshoppe compartilhou na rede social uma série de comentários que explica as cenas cortadas de Star Wars: A Ascensão Skywalker (2019), de uma versão já chamada de J.J. Cut (o corte de J.J. Abrams). As informações são do portal IGN.

O usuário anônimo do Reddit diz que, segundo uma fonte que trabalhou na produção de A Ascensão Skywalker, o filme teria 3 horas de duração, e diversas cenas que melhoravam a participação dos personagens coadjuvantes. Além disso, a postagem dá ênfase nos conflitos que o diretor teve com a Disney em diversos aspectos do enredo.

+++LEIA MAIS: Fãs de Star Wars se divertem com o ‘Desafio Ben Solo dando de ombros’ depois de A Ascensão Skywalker; assista

Mas o que é de fato diferente no ‘J.JCut’? O personagem de Dominic Monaghan (Lost) teria mais cenas. Como o próprio ator disse em entrevistas, havia uma cena que ele ajuda a personagem de Billie Lourd, a filha de Carrie Fisher, a tratar um ferimento durante a batalha.

Há também indícios de que o personagem de Monaghan seria um historiador especialista nos Sith, e detalharia coisas importantes, tudo em cenas cortadas.

Quanto a Rose, a personagem de Kelly Marie Tran teria cenas mais profundas junto da Princesa Leia, mencionadas pelo roteirista Chris Teerio, mas que não foram gravadas devido a morte de Carrie Fisher. Ao refazer digitalmente Leia, a produção não ficou satisfeita com o nível de fotorrealismo apresentado, e decidiu por deixá-la com menos cenas. 

+++LEIA MAIS: Cena de luto pela morte de Han Solo foi deletada de Star Wars: O Despertar da Força

Outro ponto importante seriam as aparições dos Jedi do passado. Hayden Christensen aparecia como Anakin, e todos os outros personagens que não fossem animados iriam cercar Rey durante a batalha final, a protegendo dos cultistas Sith no templo de Palpatine.

Roger Guyett, o supervisor de efeitos especiais do longa, afirmou em entrevista ao Yahoo! que não existe um Anakin fantasma da Força em A Ascensão Skywalker.

Em detalhes extras, a publicação no Reddit diz que a cena de Kylo Ren em Mustafar seria maior e planetas mais importantes como Kashyyk e Kamino iriam aparecer na cena de corrida em velocidade da luz e Jannah seria confirmada como filha de Lando.

+++LEIA MAIS: Star Wars: fãs mudam Wikipedia de ator que bateu no Baby Yoda

Além disso, J.J. Abrams "detestava" o beijo de Rey com Kylo Ren, e queria removê-lo do filme para incluir um romance entre Poe e Finn. Porém, nenhuma das alegações possui evidências para apoiar a existência de um J.J. Cut’.


+++ CORUJA BC1: 'FAÇO MÚSICA PARA SER ATEMPORAL E MATAR A MINHA PRÓPRIA MORTE'