Star Wars: Os Últimos Jedi tem segunda estreia mais rentável em todos os tempos

Episódio VIII arrecadou US$ 220 milhões só nos Estados Unidos, quase batendo o recorde de O Despertar da Força, de US$ 248 milhões

Rolling Stone EUA Publicado em 18/12/2017, às 11h58 - Atualizado às 13h45

Cena de Star Wars: Os Últimos Jedi
Reprodução

Star Wars: Os Últimos Jedi, o recém-lançado filme da franquia, por pouco não bateu o recorde de O Despertar da Força em termos de bilheteria, mas, mesmo assim, teve o segundo melhor fim de semana de estreia em todos os tempos, angariando mais de US$ 220 milhões desde que chegou aos cinemas, em 14 de dezembro.

O Episódio VIII da saga de Star Wars se torna agora o quarto filme (sem ajustes por inflação) na história – depois de Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros, Os Vingadores: Era de Ultron e Star Wars: O Despertar da Força – a render mais de US$ 200 milhões no fim de semana de estreia, segundo o The Hollywood Reporter. Além disso, Os Últimos Jedi fez mais de US$ 100 milhões nas primeiras 24h após a estreia, tornando-se o segundo filme a atingir tal marca, depois de O Despertar da Força.

(matéria de capa) Star Wars: Por Dentro do Mundo dos Jedi

O Despertar da Força, o rei de todos os tempos em termos de bilheteria – depois de superar Avatar –, abriu com US$ 248 domésticos e US$ 529 milhões ao redor do mundo em dezembro de 2015; Os Últimos Jedi deve conseguir US$ 450 globalmente este fim de semana, segundo a Reuters. Velozes e Furiosos 8, que fez US$ 541 no mundo no lançamento, bateu o recorde de O Despertar da Força como a melhor semana de estreia do mundo este ano.

A franquia de Star Wars tem mais dois filmes planejados – o solo de Han Solo para 2018 e o Episódio IX para 2019 – assim como uma nova trilogia de Rian Johnson, diretor de Os Últimos Jedi.