Star Wars: Por que nem todo Jedi das trevas é um Sith de verdade?

Linha divisória entre os lados da Força é tênue em muitos casos

Redação Publicado em 09/10/2020, às 09h02

None
Adam Driver como Kylo Ren (Foto: Reprodução/Lucasfilm)

Os usuários da Força, em Star Wars, costumam se alinhar entre duas filosofias antagônicas: Jedi ou Sith, geralmente correspondentes ao lado luminoso e negro da Força, respectivamente. Mas nem sempre essa linha divisória é tão nítida, como lembra o ScreenRant.

No universo criado por George Lucas, existem seres classificados como Jedi das Trevas - sensitivos à Força “caídos” para o Lado Negro ou que nunca receberam treinamento de fato por alguma das filosofias. E vários personagens canônicos atuavam na oposição do lado luminoso, sem necessariamente seguir a filosofia Sith.

+++ LEIA MAIS: Star Wars: o Lado Negro da Força realmente é o mais poderoso dos dois?

Um exemplo desse tipo de personagem é Kylo Ren. Segundo o ScreenRant, a relação dele com a filosofia Sith sempre foi tênue e complicada. Ele é treinado nos caminhos do Lado Negro por Snoke - outro personagem fora da classificação de Sith. Além disso, Kylo nunca assume o apelido oficial de “Darth”, e compreende a Força de uma maneira mais antiga e menos dogmática, algo perceptível até mesmo no design do sabre de luz de Ren.  

Treinado como Jedi pelo próprio Luke Skywalker, Ren deseja poder supremo, não necessariamente pelos métodos Sith, uma filosofia baseada em aquisição de poder para fins pessoais, enquanto a filosofia Jedi é focada na manutenção da paz. Antes da morte, ele retorna ao lado luminoso.


+++ TERNO REI: ‘ANTES DE LANÇAR, VOCÊ NUNCA SABE SE É BOM OU RUIM’ | ROLLING STONE