Stephen King lista 5 filmes de terror essenciais; confira

O lendário escritor foi convidado pela organização do Oscar para listar as melhores obras do gênero cinematográfico

Redação Publicado em 26/05/2020, às 11h27

None
Stephen King (Foto: ASSOCIATED PRESS)

Stephen King definitivamente é uma das melhores pessoas para fazer uma lista de filmes de terror. O célebre escritor foi convidado pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, que promove a cerimônia do Oscar, para nomear as melhores produções do gênero. 

A lista publicada pelo O Globo inclui cinco produções, desde clássicos de Hollywood até longa-metragens menos conhecidos na carreira de grandes diretores de cinema. O portal também informou a disponibilidade de cada obra nas plataformas de streaming. Confira:

+++ LEIA MAIS: Stephen King se desculpa por ‘ter previsto’ o coronavírus e Trump nos livros; entenda

A Bruxa de Blair (1999)

O filme conta a história de um grupo de estudantes de cinema determinados em descobrir os mistérios de uma floresta da região. King disse sobre a obra de Daniel Myrick e Eduardo Sánchez: “Assustou as luzes do dia que vivem em mim, acho que por ser tão pouco polido [...] E nada supera a tomada final”. A Bruxa de Blairpode ser visto na Amazon Prime, Microsoft, Google Play, Looke e iTunes.


“Alien, o oitavo passageiro” (1979)

Disponível nas plataformas da Microsoft, Google Play e iTunes, Alien, o oitavo passageiroconquistou King com a fotografia e cenas inovadoras para a época. No filme, os passageiros de uma nave espacial são aterrorizados por uma criatura extraterrestre que vai parar dentro do veículo. 

O escritor disse: “Eu amei a ética de classe trabalhadora dos caras da nave, e todas as correntes balançando. Mas, claro, nesse caso, tudo que importa é a cena do ‘peito estourando’. Até então nunca tínhamos visto nada como aquilo”.


“O exorcista” (1973)

Inspirado no livro O exorcista, de William Peter Blatty, o longa-metragem conta a história da luta de uma mãe, um padre e sacerdote para expulsar o demônio do corpo de uma garota de 12 anos. O filme está disponível no iTunes e Looke. 

“Assustador desde o começo, quando, no prólogo, o relógio para repentinamente. É muito claustrofóbico para um filme de estúdio, e todas as vezes que voltamos àquele quarto de Regan, tememos cada vez mais o que vamos encontrar. Mas, para mim, são os detalhes aterrorizantes que sustentam o filme. Quem esqueceria de ‘Ajuda um velho coroinha, padre?’”, disse King.


“Despertar dos mortos” (1978)

“Parabéns a Tom Savini (artista responsável pela maquiagem do filme), que sonhou com os efeitos especiais, sem CGI (efeitos de computação gráfica, na sigla em inglês). E, novamente, há a constante claustrofobia do grupo cada vez menor de sobreviventes presos em um shopping center”, disse o escritor sobre ODespertar dos Mortos.

O filme de George A. Romero retrata as tensas aventuras de uma equipe recrutada para ajudar no extermínio de zumbis, que tomaram os Estados Unidos após uma epidemia. O longa não está disponível em nenhuma plataforma de streaming do Brasil.


“Os filhos do medo” (1979)

Um filme menos conhecido na carreira de David Cronenberg, mas adorado por King é Os Filhos do Medo. O longa conta a história de um marido determinado a cuidar da esposa com problemas mentais enquanto investiga acontecimentos estranhos que ocorrem ao redor dele. 

Para o escritor, a atuação de Samantha Eggar e Oliver Reed como “pais do inferno” “parece à beira de explodir”, enquanto “as crianças que se revelam infernais”. O filme não está disponível em nenhuma plataforma de streaming do Brasil.


+++ VITOR KLEY | A TAL CANÇÃO PRA LUA | SESSION ROLLING STONE