Stranger Things: 5 momentos inesquecíveis de Steve Harrington

De bully a babá, a evolução do personagem cativou os fãs da série

AMANDA MARQUES | @TROPICANASOUNDS Publicado em 19/12/2020, às 10h00

None
(Foto: Reprodução/Netflix)

Nenhum personagem de Stranger Things teve uma evolução tão evidente durante as temporadas quanto Steve Harrington, o típico clichê de filmes dos anos 80: bully, popular, egoísta. Ao decorrer da série, acompanhamos o amadurecimento de Steve com afeto, e o personagem desvencilhou-se de uma narrativa batida para se tornar a improvável babá das crianças de Hawkins.

Inicialmente pensado para ser um personagem tão arrogante e malvado quanto Billy Hargrove, Steve recebeu um destino diferente por causa de Joe Keery, ator que o interpreta na série. Em entrevista ao Buzzfeed News, Ross Duffer comentou: “Na primeira temporada, Steve era para ser esse ser humano terrível. Então nós nos apaixonamos por Joe Keery, pegamos a energia dele e a colocamos em uma direção diferente, ainda mais na segunda temporada.”

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes

A transformação foi um verdadeiro sucesso, e Steve tornou-se um dos personagens mais queridos do universo de Stranger Things. Pensando nisso, a Rolling Stone Brasil selecionou 5 momentos marcantes de Steve Harrington na série.

Steve salva Nancy e Jonathan

(Foto: Reprodução/Netflix)

Ainda que um personagem problemático no início da série, Steve começa sua evolução ao final da primeira temporada, quando retorna à casa de Jonathan para se desculpar por seu comportamento. Péssimo timing, uma vez que Nancy e Jonathan estão no meio de um plano para capturar o Demogorgon. Nancy pede que Steve vá embora, e o mesmo sai correndo até o carro, mas preocupado, volta bem a tempo de salvar Jonathan com o icônico taco de baseball. 

Steve causa um acidente de carro para salvar Nancy

(Foto: Reprodução/Netflix)

Billy Hargrove já era um personagem problemático bem antes de ser possuído pelo Devorador de Mentes. Ainda assim, é no final da terceira temporada que ele atinge o ápice da crueldade, tentando atropelar Nancy para impedir o sucesso do plano das crianças. O dia é salvo mais uma vez por Steve, que bate contra o carro de Billy, causando um pequeno incêndio.

Steve descobre que Robin é lésbica

(Foto: Reprodução/Netflix)

Outro momento muito bem escrito da terceira temporada é a conversa entre Steve e Robin no banheiro. Steve finalmente admite que gosta dela, e Robin conta que é lésbica. Mesmo com os sentimentos machucados, Steve não julga Robin, que estava com medo de contar a verdade, e até brinca com ela. Vale lembrar que a homofobia nos anos 80 era completamente normalizada, o que torna o momento de aceitação de Robin muito mais especial.

A amizade de Steve e Dustin

(Foto: Reprodução/Netflix)

A dupla mais improvável da série tornou-se também a mais querida: o nerd banguela e o garoto popular tornam-se melhores amigos em uma sacada genial dos criadores de Stranger Things. Steve e Dustin se conhecem quando ambos têm seus corações partidos, e a partir daquele momento, são inseparáveis. Steve dá conselhos à Dustin e o protege em diversas ocasiões, tornando-se uma espécie de mentor/figura paterna para o garoto.

Steve, a babá

(Foto: Reprodução/Netflix)

Quando Nancy e Jonathan partem em uma jornada para procurar Joyce e Hopper, cabe a Steve ficar cuidando da turma. Ele coloca-se em perigo diversas vezes para garantir que as crianças estão seguras, inclusive ficando para trás para lutar contra Dermodogs, ganhando tempo para que o restante consiga fugir. O desenvolvimento do personagem fica claro quando ele coloca as crianças em primeiro lugar: o bully egoísta da primeira temporada foi esquecido, dando lugar a uma babá inusitada.


+++ FROID | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL