The Strokes faz 1º show em local fechado com capacidade máxima em Nova York; assista

O evento foi realizado em apoio à Maya Wiley, candidata nas eleições para prefeitura da cidade

Julia Harumi Morita Publicado em 16/06/2021, às 09h20

None
The Strokes (Foto: Jason McDonald / Divulgação)

O The Strokes realizou o primeiro show presencial em local fechado, o qual abriu as portas com capacidade máxima, da cidade de Nova York desde o início da pandemia, de acordo com informações do site Consequence.

A apresentação foi realizada no último sábado, 12, no Irving Plaza, e recebeu apenas espectadores vacinados. O evento tinha o objetivo de arrecadar fundos para Maya Wiley, candidata à prefeitura da cidade. O humorista John Mulaney, o músico Dev Hynes (Blood Orange) e a congressista Alexandria Ocasio-Cortez também subiram ao palco.

+++ LEIA MAIS: The Strokes chegam ao topo da parada de rock pela primeira vez em 9 anos

O posicionamento dos músicos a favor de Wiley não é novidade. Anteriormente, a banda realizou o primeiro show acústico da carreira em apoio à candidata.

De acordo com a Rolling Stone EUA, o guitarrista Nick Valensi anunciou em uma publicação do Twitter que não participaria do show, mas não revelou o motivo da ausência.

+++LEIA MAIS: As 72 melhores músicas do Strokes, da pior a melhor, segundo site [LISTA]

Os ícones do indie tocaram 16 músicas no total, entre elas, antigos sucessos, como "Someday" e "Is This It", e canções do disco vencedor do GrammyThe New Abnormal. Confira o setlist completo:

"Juicebox"
"Someday"
"The Adults Are Talking"
"One Way Trigger"
"You Only Live Once"
"Hard To Explain"
"Ize Of The World"
"The Modern Age"
"12:51"
"Is This It"
"Bad Decisions"
"Take It Or Leave It"
"Automatic Stop"
"Last Nite"
"Ode To The Mets"
"Reptilia"


+++ URIAS | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL