Strokes ainda não tem planos para turnê, afirma o baixista Nikolai Fraiture

Novo disco da banda, Comedown Machine, será lançado dia 26 de março

Redação Publicado em 22/02/2013, às 11h36 - Atualizado às 20h15

Strokes
Reprodução / Site Oficial

Tenham os fãs gostado ou não das controversas novas canções do Strokes, todos eles provavelmente gostariam de ver a banda voltar a estrada para apresentar ao vivo as canções do disco Comedown Machine, previsto para ser lançado no dia 26 de março. Mas, segundo disse em entrevista à rádio BBC 1 o baixista Nikolai Fraiture, não há planos para uma turnê acontecer tão cedo.

Arquivo RS: em 2003, o Strokes enfrentava o tabu do segundo disco e lutava para ganhar respeito da crítica. Enquanto isso, o vocalista Julian Casablancas fazia todo o esforço do mundo para não ser compreendido.

O músico, que respondeu também perguntas sobre a relação da banda com o vocalista Julian Casablancas, afirmou contudo que “amaria entrar em turnê”. Desta vez, segundo ele, todos os integrantes gravaram as faixas juntos, diferente do que aconteceu no álbum mais recente, Angles, lançado em 2011.

"É engraçado que as novas músicas não soam tão naturais para nós como antes", disse. “Mas colocá-las na internet quando estão prontas parece ser o jeito certo de fazer. Quando você faz música você vai para cima e para baixo, às vezes se sente forte, às vezes sente medo. Agora, nós acabamos de terminar o disco e sentimos uma boa atmosfera na banda. Tomara que continue assim.”

Até agora, a banda já revelou “One Way Trigger” e “All the Time”, sendo que foi a segunda a escolhida como primeiro single oficial do novo disco.

Ouça “All the Time”: