Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Notícias / Super Bowl

Taika Waititi revela 'lista de exigências' de Donald Trump para comercial

Em comercial do canal NBC no Super Bowl de 2012, Donald Trump aparece brevemente em um vídeo musical dirigido por Taika Waititi

Taika Waititi (foto: Sthanlee B. Mirador/ AP) e Donald Trump (Foto: Brandon Bell/Getty Images)
Taika Waititi (foto: Sthanlee B. Mirador/ AP) e Donald Trump (Foto: Brandon Bell/Getty Images)

Alguns anos antes de Donald Trump assumir a presidência dos Estados Unidos, a então personalidade midiática do país estrelou um comercial transmitido no Super Bowl de 2012. O diretor da peça publicitária foi Taika Waititi, que revelou quais foram as "exigências" do político.

Vale lembrar como Trump era apresentador do programa The Apprentice (reality show que teve uma versão brasileira, intitulada O Aprendiz e apresentada por Roberto Justus), produzido pela NBC nos EUA. A propaganda contava com atores e apresentadores das principais produções do canal em 2012, como The Office, Parks and Recreation, 30 Rock, Community, Saturday Night Live, entre outros. Eles cantavam "Brotherhood of Man," do musical How To Succeed In Business Without Really Trying.

+++LEIA MAIS: Taika Waititi relembra estadia no pântano do Shrek: 'As coisas mais legais acontecem por causa da Rita'

Já a participação de Donald Trump é bastante curta, em questão de poucos segundos. Ele aparece brevemente de terno, enquanto aponta para a câmera, aponta e diz a palavra "você." Assista ao comercial musical abaixo:

Durante entrevista ao podcast SmartLess, apresentado por Jason Bateman, Will Arnett e Sean Hayes, Taika Waititi revelou alguns detalhes de bastidores do comercial. "Havia um pedaço de papel com uma lista de exigências [de Trump]. A altura da câmera precisava ter uma certa altura para fazê-lo parecer um pouco mais magro," relembrou.

Acho que tinha a palheta de cor para laranja que ele precisava aparecer na tela. Ele tinha uma maquiadora que também estimulava o ego dele. Ela o retocava e dizia: 'Oh, Sr. Trump, oh, Sr. Trump.'

+++LEIA MAIS: Taika Waititi revela por que aceitou dirigir filmes do Thor

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!