Tarantino desiste de faroeste depois de vazamento de roteiro

“Estou muito, muito deprimido”, revelou o cineasta que reclamou dos agentes de Hollywood

Redação Publicado em 22/01/2014, às 11h43 - Atualizado às 11h49

Quentin Tarantino
AP

Durou pouco a expectativa de ver Quentin Tarantino no comando de novo faroeste. O diretor, que tinha revelado seus planos em novembro do ano passado, agora afirmou que o projeto foi cancelado depois que o roteiro de The Hateful Eight vazou. As informações são do site Deadline.

O Melhor Amigo de Django: austríaco Christoph Waltz rouba a cena em Django Livre, segundo filme consecutivo como coadjuvante de luxo de Quentin Tarantino.

“Estou muito, muito deprimido”, disse o diretor. “Terminei o roteiro, uma primeira versão, e não queria gravar até o próximo inverno, daqui um ano. Dei para seis pessoas, e aparentemente vazou hoje”, explicou. Ele descobriu o vazamento depois que seu agente, Mike Simpson, começou a receber ligações de interessados em participar do faroeste.

Entrevista: chegando à casa dos 50, Quentin Tarantino comemora a boa forma de sempre com seu filme mais ambicioso, Django Livre.

“Eu dei o roteiro para um dos produtores de Django Livre, Reggie Hudlin, e ele deixou um agente ir ler na casa dele”, continuou Tarantino. “É uma traição, mas não muito grave porque o agente não levou o roteiro.” O cineasta revelou que ainda entregou o texto a três atores: Michael Madsen, Bruce Dern e Tim Roth. “Um que eu sei que não fez isso foi Tim Roth. Um dos outros dois deixou o agente ler, e este passou para todo mundo em Hollywood. Não sei como esses agentes trabalham, mas não vou fazer este. Vou publicar, e por ora é isso. Eu dei para seis pessoas, se não posso confiar isso a eles, então não tenho desejo de fazer.”

“Vou para a próxima. Tem outros dez de onde veio este”, gabou-se o cineasta, que, mesmo que tenha revelado desconfiança pelos agentes de Dern, afirmou que o ator que recentemente brilhou em Nebraska deverá ter papel em seu próximo filme.