Tarantino quer transformar Django Livre em minissérie

O cineasta afirmou que tem cerca de uma hora e meia de material extra do filme

Redação Publicado em 23/05/2014, às 15h30 - Atualizado às 16h24

Tarantino
AP

O diretor Quentin Tarantino disse que quer fazer uma versão estendida do seu filme mais recente, Django Livre – cuja versão que chegou aos cinemas tem quase três horas de duração. Segundo o USA Today, o cineasta afirmou, em Cannes, que a ideia dele é criar uma minissérie de quatro capítulos, cada um deles com uma hora. Ele disse: “As pessoas rejeitam um filme de quatro horas. Mas uma minissérie que eles gostem vai os deixar ansiosos para assistir a todas as quatro partes. É assim que eu acho que poderia funcionar”.

Chegando à casa dos 50, Quentin Tarantino comemora a boa forma de sempre com seu filme mais ambicioso, Django Livre, um faroeste à moda italiana sobre escravidão.

“Eu tenho cerca de 90 minutos de material extra de Django”, disse Tarantino, de acordo com o . "Mas eu não usaria isso em um filme de quarto horas. Eu cortaria em quatro capítulos. Como uma minissérie de quatro partes. E passaria na TV a cabo. Seria, tipo, um capítulo de cada vez, com uma hora cada um.”

Django Livre foi lançado no começo de 2012 e rendeu duas premiações no Oscar – Melhor Roteiro Original para Tarantino e Melhor Ator Coadjuvante para Christoph Waltz. Além de Waltz, Jamie Foxx protagonizou o escravo Django, e Leonardo DiCaprio atuou como o vilão Calvin Candie.