Tatuagens escondidas de Michael Jackson foram descobertas após a morte

A descoberta das tatuagens foi feita com a autópsia do corpo do astro

Redação Publicado em 25/05/2020, às 18h00

None
Michael Jackson (Foto: Allen / Media Punch / IPX)

Michael Jackson morreu em 2009 e deixou diversas questões e rumores em aberto. Apesar das dúvidas relacionadas à vida pessoal do músico, após a autópsia do corpo do astro, novas descobertas foram feitas: inúmeras tatuagens escondidas.

+++LEIA MAIS: 6 Mitos sobre Michael Jackson: nariz falso, invenção do moonwalk e mais

O médico legista responsável por examinar o corpo de Jackson encontrou diversas anormalidade na pele do astro, incluindo a perda de pigmentação devido ao vitiligo e tatuagens cosméticas. 

Descobertas após a morte, as tatuagens não continham imagens ou símbolos. Elas eram, na verdade, um esforço do astro para manter a aparência jovem. De acordo com o Cheatsheet, as sobrancelhas de Jackson eram tatuadas, e o músico também possuía um delineado preto permanente nos olhos.

+++ LEIA MAIS: Elton John lembra de Michael Jackson como "uma pessoa perturbadora" em autobiografia

As tatuagens também incluíam um delineado rosa no lábio e outra escura cuja extensão era de orelha a orelha no topo da cabeça. A última, segundo o UK Telegraph, foi feita após Michael Jackson sofrer queimaduras quando o cabelo dele pegou fogo durante o comercial da Pepsi.


+++ VITOR KLEY | A TAL CANÇÃO PRA LUA | SESSION ROLLING STONE