Taylor Hawkins, baterista do Foo Fighters, revisita os anos 1980 em novo clipe solo

A música “Range Rover Bitch” faz parte do novo álbum do artista, KOTA

Rolling Stone EUA Publicado em 24/11/2016, às 13h45 - Atualizado às 15h27

Taylor Hawkins no clipe de "Range Rover Bitch"
Reprodução

O baterista do Foo Fighters, Taylor Hawkins, homenageou os anos 1980 no clipe de "Range Rover Bitch", o single principal do álbum mais recente do artista, KOTA.

O clipe usa técnicas de vídeo da era do Beta enquanto as imagens focam em teclados, guitarra e, é claro, um chocalho antes de se voltarem para Hawkins. O momento mais retrô, no entanto, parece ser o que traz as fileiras de imagens sobrepostas de Hawkins e a zebra, que aparece sem motivo algum. O vídeo lembra a era de Billy Squier dançando pelo quarto no clipe de “Rock Me Tonite” e o Survivor balançando o cabelo molhado em “Eye of the Tiger”.

“Liam Lynch fez um trabalho incrível no vídeo de ‘Range Rover Bitch’”, Hawkins disse em comunicado. “Eu acho que nosso amor por aquela vibe pré-MTV, final dos anos 1970/começo dos 1980, de televisão late night diretamente em vídeo como de Don Kirshner/Midnight Special, realmente apareceu nesse clipe. Ele realmente capturou aquela energia de Kim Carnes e Nick Gilder”.

LEIA TAMBÉM

Foo Fighters anuncia primeira data de turnê em 2017

Veja Taylor Hawkins, do Foo Fighters, tocando bateria aos 15 anos de idade

Foo Fighters faz cover de “Under Pressure” com participação de integrantes do Queen e do Led Zeppelin

Hawkins recentemente debateu o significado por trás de “Range Rover Bitch” em uma entrevista ao site Consequence of Sound. “‘Range Rover Bitch’ veio do fato de que eu moro em Calabasas”, ele disse. “Eu moro no bairro em que as Kardashians moram. Eu olho para a minha vida e, além de estar no palco e todas aquelas coisas loucas e maravilhosas que nós fazemos como banda, eu tenho uma vida muito normal. Eu tenho três filhos, uma esposa e nós temos um encontro toda semana… Então eu olho ao meu redor e penso em como eu nunca pensei que pegar este par de baquetas nas mãos fosse me transformar em um desses adultos ricos e bem-sucedidos [risos]. Eu olho ao meu redor pensando ‘Olhe esses idiotas, e como eu me tornei um deles?’”

KOTA, sigla para “King of the Assholes”, contém seis novas faixas originais tocadas quase inteiramente por Hawkins. Ele havia trabalhado fora do Foo Fighters antes nas bandas Coattail Riders, The Birds of Satan e Chevy Metal.

Assista ao vídeo de “Range Rover Bitch” abaixo.