Taylor Swift e sua família desistem de acusação criminal contra invasor

Jacob Kulke foi preso entrando na propriedade da família da cantora com uma faca nas mãos e dizendo ser namorado da cantora

Rolling Stone EUA Publicado em 28/12/2012, às 11h34 - Atualizado às 11h50

Taylor Swift
AP

Foram retiradas as acusações de invasão criminosa contra Jacob Kulke, de 24 anos, preso dentro da propriedade de Taylor Swift, em Belle Meade, Tennessee, no início deste mês. A informação é do site TMZ.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

Os procuradores decidiram não seguir com as acusações e o advogado de defesa de Kulke diz que um dos motivos foi a falta de placas que sinalizassem que era proibida a entrada ao redor da propriedade. Ele argumenta que a ausência de sinalização fez com que o acusado acreditasse que poderia entrar. Outra razão para a desistência, ainda segundo o TMZ, é que a própria família da cantora não tinha interesse em seguir com o caso.

A polícia prendeu Kulke no dia 14 de dezembro, depois de ele ter supostamente ter pulado uma cerca próxima da propriedade de Taylor; ele segurava uma faca quando foi preso, segundo contam os relatos. De acordo com os policiais, Kulke disse que ele era o namorado de Taylor e que viajou de ônibus desde Wisconsin, também nos Estados Unidos, para estar com a cantora no seu aniversário.