Técnico de beisebol acusa AC/DC de ter estragado gramado de estádio

Banda realizou em 15 de setembro um show no Wrigley Field, casa do Chicago Cubs

Redação Publicado em 23/09/2015, às 10h21 - Atualizado às 13h22

Angus Young, guitarrista do AC/DC

Ver Galeria
(4 imagens)

Joe Maddon, técnico do tradicional time de beisebol norte-americano Chicago Cubs, está bastante insatisfeito com o último espetáculo do AC/DC na cidade. Não foi a música o que deixou o treinador descontente.

AC/DC lança o videoclipe de “Rock the Blues Away”, o terceiro do disco Rock or Bust; veja.

A clássica banda de rock se apresentou no local no último dia 15 de setembro, justamente no estádio dos Cubs, o Wrigley Field. E o saldo da passagem de Angus Young e Brian Johnson por ali, aparentemente, não foi positivo.

“Desde o show do AC/DC, nós temos tido alguns problemas. Não sei se eles foram para o campo bater algumas bolas, se eles estavam de salto alto ou com travas no sapato. Eles acabaram com o campo e isso não tem nada a ver com as caixas de som”, reclamou Maddon ao The Chicago Tribune.

Assista ao último show do AC/DC com Malcolm Young.

Apesar das queixas, os Cubs, donos de um dos maiores jejuns de títulos da história do esporte mundial – foi campeão da liga norte-americana de beisebol pela última vez em 1907 –, venceu o Milwaukee Brewers na última segunda-feira, 21, por 9 a 5.

Em prisão domiciliar, Phil Rudd tem planos de voltar ao AC/DC: "Eu sou o cara".

O AC/DC segue em turnê pela América do Norte até o final de setembro com o novo álbum Rock or Bust. Em novembro, eles farão uma série de apresentações na Austrália e em dezembro, passarão pela Nova Zelândia. Nesta ocasião, o baterista Phil Rudd, afastado do grupo depois de denúncias que acabaram o levando à prisão, espera poder retornar às baquetas.