Ted Nugent chama Tommy Lee de 'agressor viciado em heroína', e baterista do Motley Crue responde

Os comentários do apoiador de Donald Trump chegaram até o músico - que não ficou calado

Redação Publicado em 15/10/2020, às 16h11

None
Tommy Lee (Foto: Richard Shotwell/Invision/AP)

Tommy Lee, baterista do Motley Crue, não gosta do Donald Trump e já deixou isso bem claro. Desta vez, Ted Nugent, apoiador do governo do atual presidente dos Estados Unidos, rotulou o músico de ser "um agressor viciado em heroína" em uma entrevista para o Blunt Force Truth

+++ LEIA MAIS: Tommy Lee, do Motley Crue, viraliza com carta aberta a Donald Trump - que ele nem escreveu

Os comentários chegaram até o baterista que respondeu no Twitter: "Ted Nugent? Esse cara ainda está vivo? Pensei que ele havia atirado nele mesmo há 20 anos", escreveu com emojis apontando o dedo do meio.

+++ LEIA MAIS: Tommy Lee, do Motley Crue, chegou a beber 7,5 litros por dia antes de rehab

Veja o tuíte abaixo: 

Recentemente, o músico também anunciou que pretende sair dos EUA se Trump for reeleito.

+++ OROCHI | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL