“Tenho coisas melhores para fazer”, diz Bill Wyman sobre possibilidade de retorno aos Rolling Stones

Ex-baixista nega que possa voltar definitivamente ao posto que ocupou de 1962 a 1993, ao lado de Mick Jagger e Keith Richards

Redação Publicado em 08/04/2013, às 18h51 - Atualizado às 19h12

Bill Wyman
AP

O mundo da música entrou em alvoroço com a confirmação de que os Rolling Stones fariam uma turnê para comemorar os 50 anos de carreira, iniciada em 2012 e que adentrou este ano com recorde de vendas: os ingressos para o show no Hyde Park, em Londres, acabaram em três minutos. Baixista da banda por três décadas, Bill Wyman é um dos poucos que não está radiante com esse retorno.

A história de onde Mick Jagger conseguiu seu molejo e o que ele acha do videoclipe de “Moves Like Jagger”.

Pelo contrário, aliás, em entrevista dada ao jornal inglês The Express, o músico disse que não existe chance de ele voltar definitivamente ao cargo que ocupou de 1962 a 1993.“Eu diria ‘não’”, diz ele, ao ser questionado sobre o que responderia se recebesse um convite desses. “Esses trinta anos foram ótimos, mas eu tenho coisas melhores para fazer agora. O tempo passou”, completou.

O sentimento de nostalgia de Bill se endureceu quando a turnê comemorativa teve início. Em novembro do ano passado, o baixista se juntou a Mick Jagger, Keith Richards e companhia, no palco. Foi a primeira vez em quase 20 anos. “Foi ótimo por cinco minutos, porque foi esse o tempo que me deram para tocar”, disse ele. “Eu achei que eu estaria bastante envolvido porque fui levado a acreditar nisso durante o ano todo.”

“Keith [Richards], em particular, fez com que eu pensasse que eu teria grande participação nisso, mas, quando chegou a hora, ele disse que só queria que eu tocasse duas músicas. Foi divertido, mas eu sinto por não ter tocado mais”, completou o baixista. “Quando me chamaram para ir para os Estados Unidos, para fazer um show lá, eu disse: ‘Para duas músicas? Não, obrigado’”.

Wyman não guarda mágoas dos ex-companheiros e diz que a esposa é até amiga da ex-mulher de Mick Jagger. “Nossos filhos se conheceram enquanto cresciam.” Ainda assim, o baixista não deve reconsiderar. Ele é, atualmente, dono de uma lanchonete em uma área nobre de Londres, que possui “os melhores hambúrgueres e costelas da cidade”, segundo o próprio. Wyman é pai de três filhas adolescentes.