Pulse

'Bohemian Rhapsody' foi escrita por Freddie Mercury como uma mensagem para ex-namorada e melhor amiga Mary Austin?

O compositor do hit lançado em 1975 nunca revelou sobre o que era a música, mas deixou pistas

Redação Publicado em 24/10/2019, às 12h10

None
Freddie Mercury (Foto: DB / Picture Alliance DPA / AP)

"Bohemian Rhapsody" é uma das canções mais populares do Queen e junto com o sucesso, a música carrega consigo o mistério do significado da letra fantasiosa com palavras incomuns de outras línguas, algo nunca revelado por Freddie Mercury. Porém, foi levantada a possibilidade dela ter sido composta para a ex-namorada do vocalista, Mary Austin.

+++ Leia Mais: Por que "Bohemian Rhapsody" não é o maior sucesso do Queen?

Mercury teve a ideia do hit em 1968 e levou 7 anos para compor a ópera rock de quase 6 minutos. Na época, o cantor ainda vivia um casamento não oficial com Mary, que se iniciou em 1970 e terminou em 1975. Mais tarde, o astro revelou que foi neste ano que teve a primeira relação com um homem e assumiu a homossexualidade para a parceira, que continuaria amiga dele para o resto da vida.

Ela teria sido a grande inspiração de "Bohemian Rhapsody", oficialmente lançada em 1975, e pensando bem, faz sentido, afinal, a canção é uma grande despedida. Com sentimentos misturados, um homem pede desculpa por magoar uma mulher e logo em seguida pede para ela o deixar para trás.

Mary seria uma referência para Mãe Maria, que na música é chamada de 'Mama'. Outro termo religioso colocado na música é Bismillah, termo utilizado pelos muçulmanos que significa "em nome de Deus", cantado na parte em que o personagem de Mercury pede para se libertar, uma possível metáfora para a heteronormatividade que o aprisionava.

+++ Leia Mais: Freddie Mercury explicou por que deixou toda a herança para os gatos e ex-namorada

Mercury nunca explicou o significado da canção, apenas se limitou a falar que era apenas sobre relacionamentos. O astro disse: "É uma daquelas músicas que tem uma sensação de fantasia. Eu acho que as pessoas deveriam apenas ouvi-la, pensar sobre isso e depois decidir o que ela significa ... Bohemian Rhapsody não saiu do nada".

Brian May, guitarrista do Queen, afirmou que também não sabem quais são as inspirações da música, mas que as pessoas não deveriam se prender e nem buscar por uma explicação concreta.

"Sobre o que é? Nenhum de nós sabe. Freddie nunca falou sobre isso e não queria, e é assim que deve ser [...] Eles nunca vão conseguir [adivinhar o significado], porque nunca vão saber o que houve com essas letras", disse May para a BBC.