Terra Sonora anuncia assinatura com direito a download de MP3

Agora, assinantes poderão fazer o download permanente de 10, 25 ou 250 músicas por mês

Por Stella Rodrigues Publicado em 12/11/2010, às 15h52

Sonora traz novos planos com direito a download permanente
Reprodução

Em uma entrevista coletiva de imprensa realizada na manhã da última quinta, 11, na sede do Terra, em São Paulo, a empresa anunciou uma novidade em seu serviço musical, o Terra Sonora, como medida de combate à pirataria. A partir desta data, o Sonora permite que os usuários baixem de forma legal um determinado número de canções - e de forma permanente -, graças ao modelo batizado de "Keep Your Favorite". Estiveram presentes para revelar a novidade Fernando Madeira, CEO do Terra Brasil, Tiago Ramazzini, diretor responsável pelo Sonora no Terra, e Paulo Castro, diretor geral do Terra Brasil.

Anteriormente, o assinante só podia ouvir as músicas que baixasse enquanto continuasse pagando o plano. Caso deixasse de assinar o serviço, perderia as faixas, já que o download ficava hospedado dentro do Sonora. Além disso, como explicou Tiago Ramazzini à reportagem do site da Rolling Stone Brasil, o internauta não tinha a mobilidade de transferir as músicas para diferentes aparelhos. "O serviço que já existia é uma espécie de download dentro do Sonora. Quando a música é baixada desta forma, ela vem acompanhada de uma proteção digital conhecida como DRM (Digital Rights Management). É um carimbo na música que garante que ela será usada somente por aquele usuário e apenas naquele dispositivo onde ela foi baixada."

Agora, além desse serviço, o assinante pode optar pelo novo modelo de assinatura, tendo a alternativa de baixar a música diretamente para seu computador ou celular, podendo ouvi-la quando e em que aparelho quiser - mesmo que um dia deixe de ser cliente do Sonora. Terá, de fato, comprado a música e será realmente proprietário dela.

São dois planos oferecidos para o usuário interessado em assinar, que compreendem, ao todo, seis diferentes pacotes. Em todos é possível ouvir música online, em streaming, de maneira ilimitada. Quem quiser baixar música e ser proprietário definitivo dela, ouvir a canção de forma offline e levar o arquivo para onde quiser, pagará R$24,90 (R$19,90 nos três primeiros meses) no plano que dá direito ao download de dez faixas por mês, o Clube 10; no Clube 25, irá desembolsar R$28,90 (R$24,90 nos três primeiros meses) por um pacote que inclui download de 25 músicas, e R$59,90 para o plano que permite a compra de até 250 canções mensalmente, dentro do Clube 250. Todos os "Clubes", que são os pacotes mais completos, oferecem download ilimitado de MP3 com DRM.

Já nos planos "Plus", é possível ouvir música online, em streaming, e baixar as faixas sem DMR, permanentes. O Plus 10 custa R$14,90 (R$9,90 nos três primeiros meses) e oferece download de até dez músicas; por R$18,90 (R$14,90 nos três primeiros meses), é possível ouvir baixar, também dentro do Sonora, 25 músicas com o plano Plus 25; no maior pacote Plus, o de 250, pelo valor de R$49,90 por mês o usuário pode baixar até 250 faixas. Vale lembrar que esses limites não se acumulam de um mês para o outro.

Outro ponto destacado na coletiva é que os downloads são oferecidos pelo menor preço do mundo. Dentro do pacote de 250, caso o usuário baixe todo o conteúdo permitido pelo pacote, estará pagando R$0,20 por música. Foi revelado ainda que o Sonora recebeu novamente as músicas de seu acervo das gravadoras para que o download de MP3 tivesse uma qualidade maior do que aquele que era oferecido anteriormente. Esse acervo conta com mais de dois milhões de faixas de 100 mil artistas nacionais e internacionais. Foi mantido o serviço grátis do Terra Sonora, que libera a audição em streaming de 20 horas de música mensalmente.

Atualmente, o novo serviço está funcionando apenas no Brasil, mas há planos de implementá-lo em outros países da América Latina onde o Sonora já atua, que são Argentina, Chile, Colômbia e México.