The Kinks será tema de documentário

Julien Temple, responsável por registros dos Sex Pistols, pode dirigir o filme

Da redação Publicado em 18/12/2009, às 16h06

Ray Davies, ex-vocalista do The Kinks, revelou ao jornal The Independent que a banda vai ganhar um documentário. Julien Temple, responsável pela gravação de alguns dos primeiros shows dos Sex Pistols, está cotado para dirigir a fita. Em 2007, Temple informou que planejava um filme sobre a banda, previamente chamado, à época, de Kinkdom Come - no entanto, o título oficial ainda não foi confirmado.

Responsável pelo recente Joe Strummer: O Futuro Está Para Ser Escrito (2007), sobre o frontman do The Clash, Temple já trabalhou com o Kinks na direção dos clipes de "Come Dancing" e "Don't Forget To Dance".

Com planos para gravar um novo disco solo em Nashville, nos Estados Unidos, o vocalista afirmou que sente falta de tocar com a ex-banda setentista. "Preciso dizer: sinto saudades do Kinks. Ouvi 'Lola' no rádio há alguns meses e fiquei maravilhado com a introdução", disse. "Eu conseguia sentir a energia e poder do meu irmão Dave [Davies, guitarrista principal do Kinks]. Jimmy Page e Eric [Clapton] são grandes guitarristas técnicos, mas não seria possível captar o mesmo deles."

Apesar da saudade, Ray descarta uma reunião do grupo inglês, mas garante que parcerias com ex-companheiros ainda continuarão a acontecer. "Vou continuar a tocar com ex-membros da banda como o [baterista] Mick Avory de tempos em tempos. Com Dave, muito disso é psicológico. Vou guiá-lo nisso e educá-lo, forçá-lo, e quando for a hora certa, suponho que irei até gritar com ele de novo", explicou Davies. A última vez que os três estiveram juntos para uma performance ao vivo foi em 1996.

Sobre os planos com o irmão, Davies acrescentou que devem trabalhar juntos em breve. A dupla, conhecida pelas brigas durante a carreira do Kinks, ficou mais próxima depois que Dave sofreu um derrame, em 2004.