The Verve se separa de novo

Tabloide britânico diz que Richard Ashcroft, vocalista da banda, há meses não tem contato com os outros integrantes

Da redação Publicado em 12/08/2009, às 16h22

A banda The Verve decretou seu fim - mais uma vez. O jornal The Daily Mirror escutou de uma fonte não identificada que o frontman do grupo, Richard Ashcroft, não tem contato com os outros integrantes há meses. E planeja continuar assim. "Até onde Nick e Simon [Jones, baixista] sabem, o Verve não existe mais. Eles acham que Richard só usou a reunião para pôr sua carreira solo nos trilhos."

A reunião mencionada diz respeito à volta do grupo em 2007, que os levou até o Glastonbury do ano seguinte. Formada em 1990, a banda flertou com o mainstream sete anos depois, ao lançar o terceiro disco, Urban Hymns (de onde saiu o hit "Bittersweet Symphony"). Conflitos internos levaram o grupo a interromper atividades em 1999. Eles voltaram em 2007, com álbum de título auto-explicativo: Fourth ("quarto", em português). O trabalhou alcançou o primeiro lugar nas paradas do Reino Unido.

Em agosto do ano passado, Simon Jones apostou, em entrevista à revista Billboard, no futuro do conjunto. "Todos nós queremos perseguir isto [a continuação do Verve]. É algo que significa bastante para a gente." No entanto, em abril deste ano, o guitarrista Nick McCabe deu a entender que novas atividades não estavam nos planos da banda. "O Verve parece estar em férias e não mostra sinais de deixar de estar em férias", ele escreveu, em abril, no MySpace.

Baixista e guitarrista se agregaram a outro projeto, The Black Ships, que já prepara o álbum de estreia. Juntou-se à dupla o violinista Davide Rossi (do Goldfrapp) e o baterista Mig Shillace.