Thom Yorke compara políticas de empresas como Google e YouTube ao nazismo

“É como faziam durante a guerra. Eles roubam”, disse o músico sobre música gratuita na internet

Redação Publicado em 01/12/2015, às 12h15 - Atualizado às 15h12

Radiohead

Ver Galeria
(3 imagens)

O engajado vocalista do Radiohead, Thom Yorke, fez pesadas críticas a serviços de streaming que oferecem música de forma gratuita na internet. Em entrevista ao jornal italiano La Repubblica, o artista comparou empresas como Google e YouTube ao nazismo.

“Eles colocam publicidade antes de qualquer conteúdo ganhando um monte de dinheiro e os artistas não são pagos ou recebem cifras ridículas. Para eles está ótimo assim. Porém, se não render lucro para eles, não vale”, disse o britânico Yorke, que revela usar a ferramenta Boomkat (especializada em música eletrônica) para ouvir música na internet.

Reconectando o Radiohead: como a banda mais experimental da música atual aprendeu a fazer rock novamente.

“Google. YouTube. Ganham monte de dinheiro pescando com redes de arrastão, como no oceano, pegam tudo o que há. E depois dizem 'Ah, desculpe, isso era de vocês?'. Ora, é nosso. É como o que fizeram os nazistas durante a Segunda Guerra Mundial. Na verdade, como faziam todos durante a guerra, inclusive os ingleses: roubar a arte dos outros países. Qual é a diferença?”

Galeria: dez maneiras inusitadas de se lançar um disco.

Menos de uma década depois de o Radiohead ter oferecido In Rainbows no formato “pague o quanto quiser”, Yorke vendeu em 2014 um disco novo surpresa no BitTorrent. O álbum, Tomorrow's Modern Boxes, era desbloqueado sob o valor de US$ 6.

Entrevista: Philip Selway comenta o próximo disco do Radiohead.

“Queria fazer um experimento”, ele conta. “Era uma reação a tudo que estava acontecendo. Estavam falando sempre e somente de Spotify. Queria mostrar que, na teoria, hoje é possível realizar todo o caminho da produção discográfica. Mas na prática é muito diferente. Não se pode acumular toda a responsabilidade. Mas estou contente de ter feito isso, de ter tentado.”

Durante a entrevista, Yorke afirmou ainda que o novo álbum do Radiohead ainda não está pronto. “Eu não poderia dizer, me meteria em problemas. Mas não, não está pronto”. Anteriormente, o guitarrista da banda, Jonny Greenwood confirmou que o disco estava, sim, finalizado e adiantou que o grupo está planejando o lançamento em 2016, com uma turnê de divulgação. A última gravação do Radiohead foi King of Limbs (2011).