Pulse

Thor: Amor e Trovão pode introduzir a primeira heroína trans da Marvel

A produção do filme procura atriz trans para o papel

Redação Publicado em 08/10/2019, às 09h58

None
Chris Hemsworth em Vingadores: Ultimato (Foto: reprodução Marvel Studios)

O futuro que o diretor da Marvel Studios, Kevin Feige, e o diretor de Thor: Amor e Trovão, Taika Waititi querem para o MCU (sigla em inglês para Universo Cinematográfico da Marvel) é sobre diversidade e representatividade, e para isso o longa do deus asgardiano pode trazer a primeira heroína trans.

O portal especializado We Got This Covered divulgou que o primeiro projeto do novo longa de Thor incluía a contratação de uma atriz transgênero para interpretar Sera, uma heroína mulher trans dos quadrinhos da Marvel , e da mitologia do personagem de ChrisHemsworth.

+++Leia mais: Lady Thor: Natalie Portman não sabia que seria escolhida para o papel

Os fãs já sabem que o martelo de Thor será assumido por Jane Foster, interpretada por Natalie Portman, adaptando o arco dos quadrinhos A Poderosa Thor, escrito por Jason Aaron. E a Valquíria de Tessa Thompson irá procurar uma rainha para governar a Nova Asgard junto dela.

Porém, Sera é uma personagem completamente nova nos filmes. Ela era membro dos Ancorites, um grupo de anjos sem asas e do sexo masculino, mas se identificava como mulher. Os Ancorites viviam encarcerados em um templo no mundo de Heven, uma espécie de paraíso, até que Angela, uma das irmãs de Thor, a resgatou e elas se apaixonaram.

Ainda não é possível saber se a presença de Sera foi aprovada para o próximo filme, mas pelo menos no projeto inicial apresentado ao executivos ela estava inclusa. Thor: Amor e Trovão começa as gravações em agosto de 2020, na austrália, e estreia dia 5 de novembro de 2021.