Pulse

Thurston Moore reclama do tratamento que a imprensa deu à separação de Kim Gordon e do Sonic Youth: “É humilhante”

Ex-frontman da banda nova-iorquina lança The Best Day no próximo dia 20 de outubro

Redação Publicado em 17/10/2014, às 16h24 - Atualizado às 16h40

Thurston Moore lançará novo álbum solo em breve, com produção de Beck

Ver Galeria
(3 imagens)

Morando em Londres, o ex-frontman do Sonic Youth Thurston Moore se prepara para lançar mais um disco solo – o primeiro após a separação da ex-banda – The Best Day. Entretanto, em uma entrevista ao The Guardian, o músico lembra-se do fim do casamento com a baixista Kim Gordon, e critica a cobertura que a imprensa fez dos acontecimentos: “É humilhante. Afeta pessoas próximas a mim, de certa forma – minha família, minha namorada”.

Galeria: dez aguardados discos internacionais que serão lançados ainda em 2014.

“Isso pode ser bem desgastante e eu tento pensar filosoficamente em relação a essas coisas”, segue o guitarrista. “Assim que fecho o laptop e saio andando, isso tudo some”. Tratando da superexposição como algo “desagradável”, ele ainda se mostrou surpreso pela atenção que recebe: “Faço parte de uma banda de rock alternativa e experimental, pelo amor de Deus! Grande merda”.

Moore também comentou o hiato por tempo indeterminado do Sonic Youth, em 2011, decorrência do divórcio dele de Kim. “Existem poucas bandas nas quais as pessoas trabalham e moram juntas. Nada disso era legal. É muito intenso e pesado para os dois lados”. O músico, entretanto, disse à publicação britânica que o grupo nova-iorquino chegaria ao fim independentemente do casamento dele: “Parecia que o Sonic Youth estava fazendo discos apenas por fazê-los”.

Kim Gordon lança autobiografia em fevereiro de 2015.

Ele acrescentou: “Isso me incomodou um pouco porque eu sinto que cada disco era um compromisso muito sério”. “O limite entre a admiração e a surpresa havia desaparecido. Muito do que desenvolvemos durante os anos ficou permeado na cultura musical. Não éramos mais aquela banda radical; éramos mais um ponto de referência radical. Eu estava ficando um pouco enfadado com as pessoas ficando enfadadas conosco”.

Com uma banda que conta com o ex-baterista do Sonic Youth, Steve Shelley, e a baixista Debbie Googe, do My Bloody Valentine, além de James Sedwards, músico britânico da banda Nought, Moore lançará The Best Day no próximo dia 20 de outubro. Ele virá ao Brasil no dia 4 de dezembro para promover o álbum – veja mais informações aqui.